Julho: Calendário do Jardineiro

Julho: Calendário do Jardineiro

Em julho, a maior parte do trabalho de jardinagem trata-se de regar regularmente as plantas mais sequiosas nos longos e quentes dias de verão. Se vai de férias, não se esqueça de planear uma boa continuidade deste gesto vital!

Na Horta

– Semeie no local: manjericão, beterraba, cenoura, couve chinesa, coentro, abobrinha, agrião, espinafre, feijão (até o dia 15 do mês), alface de cordeiro, nabo, salsa, perada, rabanete, rúcula
– Semeie adubo verde nos locais libertados pelas culturas de batata ou cebola.
– Transplante no local: aipo, repolho, abobrinha, abóbora, milho, alho-francês, alfaces.
– Desbaste as mudas jovens de junho.
– Podar e estacar: berinjela, melão, pimenta, tomate.
Fazer a amontoa  nas batatas pela segunda vez. Observe o aparecimento de besouros do Colorado.
– Capinar para soltar o solo e promover a penetração da água.
– Remova as ervas daninhas regularmente.
– Regar à noite, evitando molhar a folhagem e sombrear as mudas sensíveis ao calor.

No Pomar

– Regue abundantemente uma vez por semana as plantas jovens para assegurar a sua continuidade.
Capinar a base da planta para facilitar a penetração da água se o solo não tiver cobertura morta.
– Coloque cobertura morta ou renove-a em novas plantações para limitar ervas daninhas e as regas.
– Continue a desbastar os frutos em excesso ou mal formados dos frutos de caroço (damasco, pêssego), das macieiras e das pereiras.
– Apoie os ramos de árvores de pêssego, nectarina ou damasco muito carregadas.
– Continue a “poda verde”:  identifique os ramos novos da sua macieira e pode de 4 a 5 olhos.
– Podar framboesas não remontantes após a produção.
– Se necessário, continue os tratamentos das fruteiras sujeitas a doenças com um fungicida compatível com a jardinagem natural.
– Fique atento a ataques de parasitas.

As flores no jardim ornamental

– Compre alguns vasos grandes de flores de verão para uma decoração express.
– Terminar a semeadura das plantas bienais (dedaleira, juliana de jardim, margarida, viola e amor-perfeito …). Transplante as mudas semeadas há algumas semanas.
– Continue semeando vivazes.
– Continue a regar regularmente à noite pela fresca.
– Estacar gladíolos e dálias.
– Raspar os tufos de plantas perenes desfloradas (Alchemilla, delfínio, gerânio, etc.).
– Divida as íris de jardim e as peónias.

 

Árvores e arbustos no jardim ornamental

– Continue a rega abundante e regular para garantir a recuperação de novos sujeitos, especialmente nos primeiros 2 anos. Colocar cobertura morta, se ainda não o fez.
Continue a podar os arbustos no final da floração, como as deutzias e as roseiras não remontantes.
– Poda verde para as trepadeiras vigorosas como glicínias.
– Incentive o surgimento das rosas, fornecendo um fertilizante especial para rosas. Observe o aparecimento de rebentos emitidos pelo porta-enxerto e remova-os.

A relva no jardim ornamental

– Continue o corte regular aumentando a altura de corte para não sensibilizar a erva à seca do verão.
– Regue os novos relvados regularmente e especialmente em profundidade para evitar o enraizamento superficial.

No terraço e na varanda

Regue regularmente e abundantemente à noite, sem molhar a folhagem para evitar o favorecimento de doenças que valorizam o calor e a humidade.
– Raspe a superfície do solo para facilitar a penetração da água.
– Pode os caules das plantas cuja floração esteja a começar a perder o fôlego, como as petúnias ou, pelo contrário, as que não devem florescer: manjericão, Ballota nigra, coleus, helichrysum…
Continue a fertilizar adaptando a quantidade à necessidade de cada planta: as dálias são gananciosas, a alfazema e o tomilho dispensam fertilizantes.
– Depois da colheita, enfeite as caixas vazias da sua horta quadrada com alfaces de verão para transplante, acelgas coloridas ou uma muda de cenoura para o outono.
Remova regularmente flores desbotadas e folhagens secas ou danificadas. Aproveite para verificar a ausência de pragas ou doenças.

No interior

– Continue regando e borrifando regularmente, especialmente samambaias e plantas carnívoras, como nepenthes.
Aumente a utilização de fertilizantes com a frequência de rega.
– Verifique se as plantas que passam o verão ao ar livre não sofrem com a luz solar direta, calor ou seca.
– Monitorize regularmente as folhas e a parte inferior para eliminar as pragas.
– Se for de férias, reúna os vasinhos numa grande bacia, cujo fundo ficará coberto com bolas de argila húmidas.


No lago

– Termine o plantio de plantas aquáticas como lótus, papiro e lírio d’água, bem como as plantas das margens.
– Cuidado com a proliferação de lentilha-d’água e algas filamentosas.
– Complete o nível da água no tanque se este cair devido à evaporação.
– Limite a expansão de plantas oxigenantes como hippuris ou milfoil.
– Divida as plantas aquáticas desfloradas: íris d’água, orôncio, pontéderia, sagitário …

Deixar um comentário