4 dicas para manter o cão relaxado no carro

4 dicas para manter o cão relaxado no carro

Fazer uma viagem com um cão não é algo que se possa improvisar… Para o seu bem-estar, a sua segurança e a de todos os passageiros, é preferível antecipar-se, informando-se das regras que deve conhecer e adotando as ações e equipamentos adequados . Assim, vai viajar com um cão relaxado, e, por consequência, você também. Aqui estão algumas dicas para transportar o seu cão no carro.

Conheça as regras para transportar no carro um cão

O Código da Estrada especifica uma série de pontos relativos ao transporte de um cão no automóvel (ou qualquer outro animal de estimação).

Alguns deles:

O cão ficará na parte de trás do carro, sem acesso ao motorista. No mínimo, o cão deve ser contido de tal forma que a sua liberdade de movimento seja mínima, para não interferir no condutor. E acima de tudo, o bem-estar dos animais transportados deve ser levado em consideração. O seu transporte “é feito debaixo da responsabilidade do cuidador para que os animais tenham um espaço e ventilação que satisfaçam as suas necessidades vitais”.

Podem ser aplicadas multas pelo não cumprimentos dessas obrigações.

Escolhendo o lugar do cão no carro

Além das regras legais, aqui estão algumas dicas para viajar com ele em segurança.

Quanto ao lugar que o animal de estimação vai ocupar no veículo, opte pelo banco traseiro ou pelo porta-malas habilitado. Não deixe o seu cão no banco do passageiro para não se incomodar com os movimentos que ele possa fazer, mesmo que esteja amarrado. Cães pequenos, geralmente, são colocados no banco de trás e cães grandes no porta-malas.

Depois de decidir onde o seu cão se vai encaixar, escolha equipamentos que mantenham vocês os dois seguros. Evite que tenha muita liberdade de ação/movimento.

Obtenha o equipamento certo de segurança

Existem três opções para levar o seu cão no carro.

O arnês de segurança

Pode equipar o seu cão com um arnês de segurança, que é preso ao cinto de segurança no banco traseiro. Isso manterá o cão numa posição mínima, mas fiável. Este sistema de segurança funcionará bem para um cão pequeno/médio. Se o seu animal de estimação está acostumado a usar um arnês para esses passeios, ele não ficará surpreso e vai colocá-lo facilmente.

Existem arnês de segurança com fivela de cinto de segurança especialmente adequados para viagens de carro. Eles também podem ser usados ​​para todos os passeios com seu cão!

A grade de separação

A segunda solução é instalar uma grade entre a área onde o seu cão estará e o resto do carro. Esta é uma boa opção se tem um cão grande que deseja colocar no porta-malas. Terá um espaço mínimo para se movimentar no porta-malas equipado e não poderá aceder ao banco traseiro.

Existem portas de segurança universais, ajustáveis ​​em altura e largura. Há também modelos com rede de segurança frontal. Estas evitam que o seu cão enfie a pata ou focinho entre os dois bancos dianteiros do carro, se estiver instalado no banco traseiro com um arnês de segurança.

Conselho Jardiland: peça conselhos à sua oficina ou ao fabricante do seu automóvel para a instalação de uma proteção perfeitamente adaptada ao seu veículo.

Neste caso, proteja o porta-malas do carro com uma capa de proteção adequada, um tapete ou uma manta de tamanho adequado.

Cesto de transporte, transportadora, caixa ou gaiola

A terceira opção é investir numa transportadora para cães que existe em várias formas.

Em primeiro lugar, a transportadora é adequado para cães pequenos, desde um máximo de 4 kg a 10 kg, dependendo do modelo. É feito de material macio com partes reforçadas e janelas para que o animal de estimação possa ver o que está a acontecer lá fora…

Coloca a transportadora no banco de trás e prende-a com o cinto de segurança.

Certifique-se de que esteja perfeitamente travado pelo cinto e que consegue mover-se com os movimentos do carro. Também é aconselhável usar o cinto em dois lugares na transportadora (por exemplo, duas alças) para garantir um bom ajuste.

Abaixo, você encontrará a transportadora adaptável a todos os tamanhos de cães, que geralmente é feita de plástico. Portanto, é mais durável que a bolsa/cesta. Possui aberturas nas laterais e uma porta de malha.

Este pequeno ou médio transportador é colocado na parte traseira, sempre preso pelo cinto de segurança, que passará primeiro pelas grades e depois por baixo de uma alça. Isso o torna o mais estável e imóvel possível durante a viagem.

Uma transportadora grande para um cão grande pode ser colocada no porta-malas do carro. Mais uma vez, você não deve simplesmente colocá-lo no porta-malas: ele deve estar bem preso para que não se mova durante a viagem! Cintas de segurança permitirão que você faça isso. Tente identificar com antecedência onde você pode colocá-los em seu carro.

Finalmente, também pode encontrar transportadoras de cães para colocar no porta-malas do carro. É uma caixa blindada (gaiola) por todos os lados (exceto o chão). Se o seu cão fica stressado por ter as laterais fechadas, a gaiola permitirá que ele veja e controle o ambiente em todos os momentos. Também pode proteger esse tipo de transporte com cintas de segurança.

Dica Jardiland: Teste a configuração do seu sistema de segurança quando estiver vazio, antes de deixar o cão entrar. Isso dar-lhe-á tempo para mudar a solução se a que imaginou não for adequada.

Os acessórios certos para viajar com um cão relaxado

Existem vários tipos de acessórios de viagem para tornar ainda mais confortável a viagem de carro com o seu cão.

Se decidiu colocar o cão no banco de trás com o arnês, escolha uma coleira de segurança para carro. Isso será preso ao arnês de um lado, com uma fivela de cinto de segurança do outro lado que será presa da mesma maneira que o cinto de segurança do seu carro. Dependendo do modelo, terá de verificar se a cinta de segurança se encaixa na marca do seu carro.

Pense também em proteger o assento com um cobertor. Pode usar um cobertor clássico ou um cobertor especial para carros.

Têm fechos ajustáveis ​​(um cobertor normal pode escorregar durante a viagem). Também têm aberturas para as fivelas de segurança passar. Este cobertor também é eficaz na proteção do porta-malas do seu carro.

Vai transportar o seu cão no carro durante muito tempo? Então, não se esqueça dos acessórios para alimentá-lo e hidratá-lo. Alguns deles são especialmente projetados para viajar.

Por exemplo, existem tigelas de viagem de silicone, que são práticas porque podem ser dobradas e limpas facilmente. Para fazê-lo beber, pegue uma garrafa plástica de água, também projetada para transporte. Dobrável, é composta por duas partes: a garrafa e um recipiente no qual a água flui.

O seu cão está velho, com dificuldades em mexer-se ou sofre de artrite? Ajude-o a ter acesso ao porta-malas do seu carro ou ao banco traseiro com uma rampa. Existem rampas dobráveis ​​e anti derrapantes que são ideais para transportar o seu cão no carro.

Desta forma, ao oferecer-lhe as melhores condições possíveis para o seu transporte no carro, o seu stress será reduzido. Ele ficará relaxado, você ficará relaxado e sua viagem será segura.

—–

O animal que acabou de comprar não deve ser abandonado à sua própria sorte.

Deixar um comentário