O Arbusto elefante

Arbusto ideal para jardins ornamentais, sebes, vasos e bonsais

Originário do sudoeste da África do Sul, a Portulacaria afra é uma planta suculenta de caules avermelhados e porte arbustivo que pode atingir 5 metros de altura, se plantado de forma adequada.

Também conhecido como Arbusto elefante, tem folhas grossas, tenras e carnudas de cor verde intenso que medem cerca de 2 centímetros.


Fonte

Esta planta perene não requer muitos cuidados, se utilizado como cerca, em jardins de pedra ou em vasos. É melhor colocá-lo em pleno sol, especialmente na primavera e no verão, ou num lugar onde recebem luz muito intensa durante a maior parte do dia. Além disso, não suporta o frio, pelo que, nos meses mais frios do ano, deve cobri-lo com um plástico protector ou mudá-lo para o interior da casa (sempre deve estar a uma temperatura acima dos 5°C).

A rega não deve ser muito  abundante, já que o seu tronco e as suas folhas grossas têm a capacidade de reter uma grande quantidade de água, permitindo-lhes resistir a períodos de seca: é suficiente regar uma vez por semana de forma pouco abundante e esperar até o solo estar seco para voltar a regar.  Se estiver dentro de casa, é suficiente pulverizá-la ocasionalmente na época mais quente.


Fonte

No fim da primavera, o arbusto vai oferecer flores minúsculas, com cerca de 2 mm de diâmetro, cor-de-rosa e organizadas em pequenos grupos.

Como não suporta encharcamentos, as doenças mais comuns são as pragas, alguns pulgões, cochonilhas e o leve aprodrecimento da base dos caules provocado pelo excesso de água. No final do outono, é recomendável fazer uma poda de formação para manter uma boa estrutura.

Uma das singularidades do Arbusto elefante é o facto de que, com o devido cuidado, pode tornar-se num magnífico bonsai com bastante facilidade.

  1. aprecio aforma como fazem o vosso trabalho

    OmelhormmBUI

Deixar um comentário