Os inseparáveis

De origem africana, estas aves únicas vivem em bandos nas planícies. São alegres e sociáveis, pelo que necessitam viver em comunidade ou, no mínimo, um par.

Entre os Inseparáveis encontrámos várias espécies:

– Agapornies personata personata: caracterizados pela sua face negra.
– Agapornies personata pescador: com o rosto e bico vermelhos.
Ambos têm os seus olhos rodeado por uma membrana de pele branca.
– Agapornies rosseicollis, mais conhecido pelo seu rosto de pêssego. O restante da plumagem é variável e pode variar de azul-esverdeada a cinza-azulado, do amarelo intenso ao verde-amarelo, etc.

Domesticar

Os inseparáveis são aves muito sociáveis que ​​apreciam a companhia de outros membros de sua espécie. Chegam mesmo a formar pares com aves do mesmo sexo. Não gostam em absoluto da solidão. A princípio podem parecer um pouco tímidos, mas deixe-os na gaiola para se acostumarem à sua nova casa. Pode falar com eles e devagar repita os seus nomes. Não tente pegá-los com a mão, mas pode habituá-los a aproximarem-se deixando-os bicar alguma guloseima.

Acomodar

As barras da gaiola devem ser fortes e a gaiola suficientemente grande para que eles possam bater e abrir as suas asas. Deve medir, no mínimo: 50x30x50 cm. As varas devem ser de madeira e assegure-se que o fundo seja de fácil limpeza.

Acessórios

  • Bebedouros, comedouros e um suporte para fruta
  • Brinquedos de madeira com cores brilhantes
  • Um ninho, uma banheira, um bloco de mineral
  • Fundo da gaiola de areia ou granulado natural

Alimentação

São granívoros, ou seja, basicamente alimentam-se de pequenas sementes. Em cativeiro, a dieta ideal consiste numa mistura de sementes para pequenos cocktails, mas a fruta é sempre adequada. Na altura da criação, é necessário complementar a alimentação com pasta de cria. Lembre-se de sempre deixar na gaiola um bloco de mineral ou um osso de siba.

Deixar um comentário