Crie em casa um jardim vertical de plantas comestíveis

Transforme um jardim vertical na sua horta particular

Tanto os jardins verticais como as hortas urbanas estão a ter cada vez mais protagonismo em nossas casas. Como, por exemplo, os quadros originais que demos a conhecer para decorar a sua sala.

Mas, e se uníssemos os dois conceitos num só? Um jardim vertical pode servir como suporte à criação de uma horta vertical em qualquer canto da sua casa.


Fonte

Se cultivar hortaliças ou qualquer outra planta comestível, além de ter produtos próprios e frescos em sua casa, verá que também vai dar um uso muito prático ao seu jardim vertical, e, já que não terá de se curvar para cuidar dele, vai ficar muito agradecido.

Pode cultivar uma grande variedade de plantas comestíveis como tomate, aipo, alface, salva, alecrim, lavanda e muitos legumes e aromáticas, além de plantas de flor comestíveis, como cravos, amores-perfeitos ou prímulas.

Primeiro, tem de escolher o local onde vai colocar o seu jardim vertical. Recomendamos que escolha uma parede que receba luz solar, pelo menos seis horas por dia. Depois de limpar o local, escolha um sistema que servirá para segurar os vasos com a terra e as plantas ou reutlize algum objecto que já não use em casa, como uma sapateira ou algo similar, e crie-o você mesma.


Fonte

Agora tem de escolher o tipo de vegetação que quer cultivar. Antes verifique os níveis de humidade do ambiente, já que as plantas na vertical tendem a secar com mais frequência do que aquelas que estão na terra. Para isso, tenha em mente que tem de colocar as plantas de acordo com as suas demandas de rega, por isso, é muito melhor não misturar culturas com diferentes necessidades de água. Não se esqueça de planear quando é que vai poder regá-las e quanto tempo poderá dedicar-lhes, já que um  horto requer alguma dedicação indispensável para ter sucesso.

Depois de saber que plantas vai cultivar, coloque-as por ordem de altura de acordo com o seu padrão de crescimento: se são espécies suspensas coloque-as no fundo para que a sua sombra não prejudique as que ficam abaixo e evite aquelas com ramos longos para não prejudicar a visão geral do seu jardim vertical.

Finalmente, só lhe resta manter as suas culturas em bom estado e desfrutar delas quando florescerem ou derem o seu fruto.

Deixar um comentário