Urban Air: um oásis para o horizonte urbano

Florestas artificiais de bambu para a cidade de Los Angeles

Um artista de Los Angeles, especializado em intervenções paisagísticas e instalações verdes, está a tentar levar a cabo uma nova ideia em que pretende combinar arte urbana com ecologia.

A iniciativa chama-se ‘Urban Air “e o seu criador, Stephen Glassman , quer colocar jardins de bambu suspensos nos espaços destinados a painéis de publicidade exterior situados nas principais estradas.

Desta maneira pretende-se incentivar todos os cidadãos a participar activamente na melhoria sustentável das cidades e, além disso, a vista de todos os condutores será reconfortada por estes espaços verdes, convidando-os a reflectir sobre um futuro mais verde para os grandes centros urbanos.


Fonte

As floreiras com mini florestas de bambu servirão para a purificação do viciado ar urbano das grandes cidades.

Além disso, “Urban Air” incluirá estações Wi-Fi, um sistema de rega e sensores nas suas instalações para permitir aos cidadãos verificarem a qualidade do ar da área onde se encontra. Da mesma forma, esses sensores recolherão e enviarão dados climáticos diversos, tais como, a temperatura e mostrarão as necessidades desse espaço verde.


Fonte

Neste trabalho colaboraram profissionais de diversas áreas, desde engenheiros até produtores de bambu e especialistas em publicidade exterior, para que fosse criado um protótipo à escala real e que se possa adaptar a qualquer tipo de suporte publicitário exterior.

O Bambu, apesar de ser uma espécie que vive em climas tropicais, tem uma grande capacidade de adaptação a outras circunstâncias ambientais, e, graças ao pouco espaço que as suas raízes precisam e ao seu rápido crescimento, é ideal para preencher um espaço como este. Este é o projecto mais ambicioso do escultor americano, tendo conseguido o financiamento desejado através de Kick Starter.

A pergunta é: quando é que podemos vê-lo implementado em alguma das grandes cidades?

Aqui pode ver o vídeo de apresentação feita para este projeto (em Inglês):

Deixar um comentário