“Seed Bomb” ou bombas de semente

Bombardeio de sementes!

Pode parecer estranho ligar bombas a sementes ou a algo natural, mas é possível.

As Seed Bomb ou as bombas de semente, ao contrário do que possa parecer, têm um efeito positivo. Trata-se de criar, cultivar plantas em lugares esquecidos ou espaços sem áreas verdes.

Simplesmente, pode lançá-las e esperar que elas cresçam onde quer que caírem. Uma maneira diferente e divertida de plantar novos brotos verdes.


Fonte

Esta iniciativa das bombas de semente começou no século XX, quando um agricultor japonês promoveu o uso de sementes em bolas de barro. Nos anos 70, uma cidadã de Nova York juntou-se a um grupo de activistas jardineiros e transformaram um terreno abandonado num jardim. Mas, foi em 2004, quando o Reino Unido iniciou o movimento “Guerrilla Gardening“: começaram a cultivar em terrenos públicos a fim de aumentar o espaço verde. Esta iniciativa teve um grande sucesso e espalhou-se a cidades como Paris, Los Angeles, Madrid, Toronto e Roma, entre muitas outras.

Com as Seed Bomb, bolas feitas de argila e carregadas de sementes para semear, consegue-se chegar a espaços de difícil acesso. As bombas podem ser sementes de diferentes variedades de flores e também de ervas aromáticas, como salsa, salva, alecrim ou manjericão. As bombas fazem de efeito estufa, protegendo as sementes: quando eles entram em contacto com o solo e água da chuva, começam a germinar e, com o tempo, a bomba decompõe-se e o crescimento segue o seu curso natural.


Fonte

Pode adquirir essas bombas de sementes em diferentes sites, mas também pode criar em casa bolas do tamanho de uma bola de ténis feitas de sementes, argila e composto. E, se decidir lançá-las, deve ter em conta para que não prejudique ninguém e que caiam num lugar que tenha as condições necessárias para que cresçam e limpar depois os resíduos.

Deixar um comentário