O hotel mais ecológico do mundo

Um hotel que cuida do meio ambiente

Na capital da Dinamarca, Copenhaga, encontra-se um dos hotéis mais verdes do planeta.

Membro da iniciativa Pacto Mundial das Nações Unidas, o Crowne Plaza Copenhagen Towers conta com as certificações Green Building (Edifício Ecológico) da UE e  Green Key (Chave Verde). Em 2012 ganhou o Skal International Eco Tourism Award, um prémio que o converte no hotel mais ecológico do mundo.


Fonte

Cada vez são mais as pessoas que se preocupam com o meio ambiente e que tentam colocar o seu grão de areia com pequenas acções, tais como, fechar a torneira, usar lâmpadas economizadoras de energia, instalar painéis solares, etc.

Assim, esta tendência ecológica expandiu-se a muitos sectores da sociedade. Os hotéis e outros estabelecimentos tentam, muitas vezes,  por um lado, poupar energia e recursos do planeta de várias maneiras, e, por outro lado, atrair um maior número de turistas para o seu negócio. O hotel Crowne Plaza Copenhagen Towers é um claro exemplo.


Fonte

Este hotel dinamarquês de 4 estrelas construído em 2009, localiza-se no centro da capital e já conquistou reconhecimento devido ao seu enorme respeito pelo meio ambiente.

Além de ter o maior número de painéis solares na Europa do Norte e ter sido o primeiro a instalar aquecimento subterrâneo (um sistema de ar condicionado que evita cerca de 1,4 toneladas de emissões de carbono por ano), todos os electrodomésticos e outros aparelhos eléctricos são de baixo consumo de energia, prestando atenção ao mais ínfimo pormenor, como por exemplo, os kits da casa-de-banho, em que todo o seu conteúdo é feito de material biodegradável.

Mas, o mais surpreendente de tudo é que são os próprios hóspedes do hotel que geram a energia: só têm de pedalar nas bicicletas estácticas no próprio ginásio do hotel. E, para incentivar essa produção de energia, o hotel, a todos aqueles que gerarem 10 watts com a pedalar, recebem uma refeição grátis no valor de €26. Um grande exemplo de sustentabilidade e originalidade numa capital europeia e um bom lugar para ficar se quiser continuar a cuidar do planeta também durante as suas férias.

  1. Fernando A.S. Leandro says:

    Claro que o Planeta Terra pode ser considerado um Planeta Bomba. O estoque de gases na sua formação e composição são revelados através das pesquisas. A exploração desses materiais que incluem minérios e outros, que juntos poderiam causar um estrago sem mensuração, foram necessários para que pudéssemos conviver com mais harmonia. Vez por outra, acontece uma catástrofe, que pode ser considerada de pequena monta em relação se não houvesse a exploração. Na verdade, o que existe é o exagero tanto na exploração como na distribuição dos resíduos (lixo). O homem de uma forma geral, não tem mais volta no quesito explorar. A população que passa dos 7 bilhões, precisa consumir, mesmo sem qualidade nos produtos. Se todos os setores da sociedade promoverem programas de menos agressão ao meio ambiente e incentivar essa ideia, teremos sim grandes efeitos. Na realidade, a natureza não produz lixo, ela recicla tudo e reaproveita de forma natural. Um outro ambiente natural em processo elevado de exploração é o ESPAÇO. O que ter de lixo flutuando no espaço neste exato momento, nos humanos nem damos conta. A solução mais conveniente e mais conivente é tentar uma harmonia entre SER HUMANO e o PLANETA TERRA. Fernando. Maceió.Al.,Brasil.

Deixar um comentário