Tipos de Roseiras modernas

A rosa,  ao longo da história, tem sido submetida a uma selecção intensa e hibridação com o objectivo de criar novas variedades e formas, tornando-a na planta mais “trabalhada” que existe. Atualmente, são conhecidas mais de 30 mil variedades e, a cada ano, aparecem centenas de novas, mas apenas entre 2.000 e 3.000 dessas variedades é que estão à venda. As roseiras divididem-se em três grupos: as espécies silvestres (aquelas que existem na natureza), as rosas antigas (variedades anteriores a 1867) e as rosas modernas (variedades posteriores a 1867).


Fonte

As roseiras modernas são, hoje em dia, as mais populares, já que mais de 95% das rosas plantadas em todo o mundo são modernas. Estas estão divididas em vários grupos:

Híbridas de Chá

São as rosas mais cultivadas e comercializadas. Normalmente, são estas que se oferecem no Dia dos Namorados ou datas semelhantes, uma vez que são ideais para o corte. Costumam florescer na primavera e no outono, apesar de a cada ano surgirem novas variedades com maior tempo de floração. Estas são sensíveis ao frio e no inverno exigem proteção.

Arbustiva

As roseiras arbustivas têm um grande porte: exibem rosas simples ou duplas e apresentam-se em ramos ou individualmente. Existem muitas variedades em que a maioria é reflorescente, ou seja, volta a crescer ao longo do ano. As rosas nascem no verão e outono. São muitas vezes utilizadas como cercas à volta de relvados, agrupadas com outros arbustos que não sejam roseiras e em cercas floridas e livres.


Fonte

Floribunda

A seguir às rosas Híbridas de Chá, esta é a mais comercial, mas é mais pequena e nasce em ramos, pelo que, à primeira vista, é a mais colorida. Muito brilhante, campestre e florífera, os seus ramos geralmente consistem em 3 a 25 rosas simples ou completamente duplas. Florescem no verão até ao outono e têm um aspecto relativamente baixo, cerca de 50 cm. de altura, embora existam variedades que atingem até 1 metro.

Grandiflora

Caracteriza-se pela sua rosa que é muito semelhante à Híbrida de Chá e à Floribunda, mas com um tamanho muito mais pequeno. Uma das suas características proeminentes é o grande crescimento que podem atingir durante o primeiro ano de cultivo. Esta grande energia permite que a cultive no jardim, sem um cuidado insistente, facilmente atingindo uma altura superior a 1,80 m. no primeiro ano de plantio. A persistência das suas cores, a forma de engrandecimento e duração das suas flores bem como a textura das pétalas tornaram-na na roseira mais moderna.


Fonte

Polyantha

Também parecida com a Floribunda, cresce em ramos compactos, espessos e compostos por 7 a 15 rosas pequenas, que podem ser simples ou duplas. Floresce entre o verão e o outono. Pode plantá-la em grupos e fazer bordas ou beiras.

Trepadeira

As roseiras trepadoras, com floração na primavera até ao outono, têm uns troncos grandes que sobem por muros, cercas, arcos, colunas decorativas, treliças ou varandas. Existem três variedades: reflorescente com rosas grandes, reflorescente com rosas pequenas que crescem em ramos e não reflorescente, ou seja, só floresce uma vez por ano (na Primavera), mas crescem muito e dão muita floração de uma só vez.


Fonte

Sarmentosa

As suas rosas são idênticas às das roseiras arbustivas. Pode plantá-los em casa, em vasos ou floreiras, já que não necessitam de uma grande área. Podem ser incluídas nas Trepadeiras devido à sua grande semelhança. Com longos e fortes caules, crescem apenas uma vez por ano, principalmente no verão, em ramos de 3 a 20 rosas simples ou completamente duplas. Pode usá-las para cobrir muros, cercas, pérgolas e árvores.

Miniatura

Com apenas 30 ou 40 cm., é reflorescente e é formada por ramos com, normalmente, 3 a 11 rosas pequenas que crescem entre o verão e o outono. De folhas muito pequenas, existem muitíssimas variedades e são perfeitas para qualquer lugar, especialmente para sua casa como qualquer outra planta.


Fonte

Tapizante

Este tipo de roseira cresce estendida pelo solo e exibe rosas simples ou duplas.

Normalmente, nascem em grupos de 3 a 11 rosas que podem crescer a partir do verão até ao outono. Dependendo da variedade, dão apenas uma floração ou várias.

  1. ANTONIO SOARES DA SILVA says:

    GOSTEI DE VER ESSAS FOTOS POIS SEMPRE GOSTEI DE VER FOTOS DESSA QUALIDADE E SEMPRE ADMIREI UM ROSEIRAL COM ROSAS DE TODAS AS QUALIDADES POIS SEMPRE FUI UM ADMIRADOR DA NOSSA MÃE NATUREZA!

Deixar um comentário