Os 10 animais mais inteligentes do mundo

Quantas vezes pensou na inteligência dos animais? E em relação a quantos já se perguntou: estará a entender-me? De certeza que, em algum momento, deve ter pensado se realmente os animais entendem o que dizemos ou se é verdade ou não que podem reconhecer cores e palavras. No reino animal, os seres humanos são os mais inteligentes, mas, colocando-nos de lado, aqui está uma lista daqueles que são considerados os 10 animais mais inteligentes do mundo!

10. Cães: conhecidos como o melhor amigo do homem, são o animal de estimação por excelência. Podem aprender mais de 200 palavras e frases e também são capazes de contar, graças aos seus ancestrais, os lobos, que precisavam de contar os membros da manada. Eles são usados ​​como guias, assistentes e até mesmo como polícias.


Fonte

9. Abelhas: apesar de serem insetos e terem um cérebro do tamanho da cabeça de um alfinete, são capazes de criarem a sua própria linguagem. Quando as exploradoras encontram uma promissora fonte de alimento avisam os membros da colméia, indicando a localização exata e que tipo de alimento se trata através da dança.

8. Porcos: talvez muitos duvidam, mas, na realidade, estes animais são muito inteligentes. No estado selvagem, eles precisam de um cérebro muito rápido para escapar dos predadores, inclusive foram registados porcos com a capacidade de pintar. É-lhes atribuído uma inteligência de uma criança de três anos.

7. Cavalos: estes nobres animais aprendem por gestos e a sua capacidade de aprendizagem é impressionante. O facto de viverem em manadas exige deles clareza e verdadeiro trabalho em equipe para sentirem-se seguros. São usados comumente em terapias para pessoas com necessidades especiais; para desenvolver capacidades de liderança e auto-estima, trabalho em equipe, desenvolvimento pessoal, etc.


Fonte

6. Macacos da neve: vivem na floresta gelada do Japão, um lugar em que é muito difícil sobreviver. Dentro das espécies de macacos, são considerados uma das mais inteligentes. Em grupos procuram as águas termais para aquecerem-se neste lugar tão frio.

5. Corvos: são ladrões por excelência e sabem onde eles guardam a comida para depois a roubarem. Além disso, é-lhes atribuída grande capacidade de aprendizagem: são capazes de usar ferramentas, reconhecerem-se ao espelho e evoluir ao lado do homem.

4. Polvos: são os detetives do reino animal; são dos animais que mais rápido aprendem. Nos seus tentáculos têm o sentido do paladar e quando vêem algo estranho só tem que abraçar para descobrir exatamente o que é. Quando nascem, têm de aprender por conta própria a caçar, nadar, proteger-se dos predadores e gerir o seu complexo sistema sensorial e tentáculos.


Fonte

3. Golfinhos:  são considerados os animais marinhos mais inteligentes. O seu cérebro é superior ao do ser humano, não só em tamanho em relação ao corpo, mas também no que respeita à sua estrutura. Utilizam como linguagem um complexo sistema de sinais com sons muito diferentes emitidos seguindo algumas orientações: fazem perguntas e respostas, orientam-se e transmitem informações entre eles. Além disso, o facto de viverem em grupos, ajuda-os a defenderem-se dos ataques de predadores e garantirem o sucesso da caça. São totalmente sociais: as mães e demais adultos ensinam os mais pequenos a comunicarem-se. É sabido que os membros mais jovens ajudam os mais velhos, por exemplo, a sustentarem-se na superfície para respirar sem se cansarem muito. Também conseguem reconhecerem-se uns aos outros individualmente, coisas que só podem os seres humanos e os grandes primatas conseguem.

2. Chimpanzés: partilhámos com estes símios 98% do material genético; os bebés chimpanzés são quase iguais aos bebés humanos, já que reconhecem a voz de quem cuida deles e respondem com olhares e sorrisos. Mesmo aos seis meses, os bebés chimpanzé têm mais conhecimento do seu ambiente que os bebés humanos.


Fonte

1. Papagaios: incrível, não é? Num teste internacional de inteligência animal, um papagaio conseguiu superar num minuto um desafio com sete obstáculos difíceis para conseguir comida, inclusive conseguiu identificar objetos e dizer o que eram na nossa própria língua. Aqui poderá ver um teste (em Inglês com legendas). Incrível!

via ]

  1. wilian miss says:

    eu pensei que era o cachorro

Deixar um comentário