O melhor de 2012: Ideias Verdes

2012 está a chegar ao fim, por isso decidimos rever os artigos que foram publicados ao longo de quase 12 meses sobre plantas, jardinagem, mundo vegetal, paisagens, etc. e fizemos uma selecção do que terá sido o mais interessante. Apresentamos o nosso Top 5 de 2012 em Idéias Verdes, para vossa análise!

O nosso primeiro destaque é o impressionante Jardim Vertical de Tarragona que, com mais de 3.000 metros quadrados e localizado nas fachadas traseiras que dão para a Avenida Vidal i Barraquer, é o maior da Europa.
As suas dimensões, de 185 metros de comprimento e 18 de altura, a tecnologia aplicada com critérios de sustentabilidade e eficiência energética, bem como a reutilização das águas residuais, o convertem numa instalação pioneira.


Fonte

As imagens da natureza não nos deixam indiferentes e assim aconteceu com o trabalho de Rodney Lough Jr., fotógrafo americano nascido em 1960, em Jacksonville (Flórida).
impressionante paisagem norte-americana de montanhas, desertos, praias e florestas em todo o seu esplendor de estações e cores capturada com a sua máquina de grande formato, deleita-nos com imagens realmente espectaculares.


© Rodney Lough Jr.

Também não nos poderíamos esquecer da grande arte da poda ornamental: os topiários. Tratam-se de verdadeiras esculturas vivas e verdes através das quais os jardineiros mais criativos, minuciosos e detalhistas expressam a sua veia artística usando como modelo nada mais e nada menos do que a natureza. É uma expressão soberba da jardinagem mais admirável e mais artística que, em mais do que uma ocasião, nos deixará sem palavras.


Fonte

Todos nós gostámos de ter um lar acolhedor e agradável onde passamos os melhores momentos do dia, por isso mostrámos uma maneira de dar um toque original e muito natural à decoração da sua casa: os quadros Wallflower . Com eles podemos transformar plantas em arte e acrescentar ao nosso espaço o conceito de jardim vertical com plantas vivas que, com os devidos cuidados, têm o mesmo tempo de vida que as plantas cultivadas em vasos tradicionais.

E, finalmente, em jeito de curiosidade no âmbito dos espaços verdes, ficamos muito surpreendidos ao ver The Poison Garden , o jardim venenoso de Alnwick (Inglaterra), o primeiro dedicado inteiramente às plantas que podem matar. Conhecido como um dos lugares mais bizarros do mundo, conta com plantas tão assassinas tais como como a beladona, tabaco e mandrágora, entre  outras variedades mais incomuns. O seu objectivo é educar os visitantes sobre os perigos de muitas destas plantas.O aviso na porta “Estas plantas podem matar” é esclarecedor o suficiente, não acha?


Fonte

Deixar um comentário