Kliluk, o lago manchado do Canadá

Um fenômeno natural o transforma num lago colorido no verão

Localizado no Vale Okanagan, perto da pequena cidade de Osoyoos, Canadá, o lago Kliluk, mais conhecido como lago manchado devido ao efeito que produz o elevado nível de minerais que se encontra nas suas águas saturadas, é um lugar a não perder.

KlilukLagoManchado1
Fonte

Com uma superfície de cerca de 15 hectares, este fenómeno natural, não é acessível aos visitantes, pois está num terreno privado, mas a sua beleza pode ser observada a partir de outros pontos, uma vez que encontra-se no fundo de um vale.

O lago Kliluk é um dos lugares do mundo mais rico em minerais com águas saturadas, principalmente, sais de magnésio, cálcio e sulfatos de sódio, além de outros oito minerais em menor proporção, incluindo prata e titânio. Esta alta concentração de minerais confere-lhe a sua estranha e bela aparência, especialmente no verão, quando a água do lago evapora-se e mancha e cristaliza os minerais, dando-lhe uma incrível variedade de formas e cores azuis, amarelos, verdes e brancos.

KlilukLagoManchado2
Fonte

Ao longo da história, têm sido atribuídas diversas propriedades curativas. Os aborígenes do Vale Okanagan, que vivem numa reserva perto, utilizam-no para curar os seus males já por centenas de anos, acreditando que o banho nas suas águas tem excelentes efeitos. Atualmente, um pequeno letreiro nas proximidades informa os visitantes sobre os poderes de cura das suas águas, mas uma cerca protege a costa, proibindo o banho a quem quisesse confirmar essas propriedades.

De qualquer forma, é um espectáculo natural de extraordinárias cores e formas digno de ser observado, mesmo à distância.

Deixar um comentário