A planta que vive há mais de 50 anos engarrafada!

A planta foi regada apenas duas vezes na sua vida

Uma Tradescantia, esta é a planta mantida dentro de uma garrafa desde 1960 e ainda está viva.

O seu dono, um inglês aposentado e aficionado em plantas, queria comprovar quanto tempo uma planta consegue sobreviver com os cuidados mínimos. Por enquanto, já lá vão 53 anos de vida, unicamente recebendo luz natural.


Fonte

Depois de plantá-la numa grande garrafa e regá-la, pela primeira vez em 1960, David Latimer deixou-a à própria sorte num local iluminado, até que, em 1972, decidiu regá-la por uma segunda e última vez, selando hermeticamente a garrafa.

Assim se encontra a Tradescantia desde essa altura, fechada, sem água nem outros cuidados, sobrevivendo apenas com a luz que recebe diariamente. Latimer colocou-a num local da sua casa perto de uma janela, girando-a ocasionalmente para que cresça uniformemente. A verdade é que, embora seja bastante surpreendente, a planta cresceu, ocupando a garrafa toda com um aspecto extremamente saudável.


Fonte

Isto deve-se ao facto de a Trandescatia ter sabido adaptar-se ao seu espaço e ter criado o seu próprio ecossistema. A fotossíntese ocorre normalmente, nutrindo-se das bactérias que sobrevivem no fundo e absorvendo a água gerada pela condensação da humidade: com as folhas mortas que caem no interior da garrafa, gera-se o dióxido de carbono necessário para a fotossíntese e os nutrientes que absorve através das suas raízes.

Durante o dia, a planta recebe a luz solar e de noite respira aproveitando os nutrientes armazenados, enquanto as bactérias são responsáveis ​​pela reciclagem do oxigénio e do dióxido de carbono, reutilizando tudo como se fosse um pequeno ecossistema.

Com isto demonstra-se que é essencial para a planta manter contacto com a luz através do recipiente em que está, uma vez que é esta luz que proporciona a energia necessária para que produza a sua própria alimentação.

Incrível, não concorda?

Deixar um comentário