A planta mais pequena e a maior do mundo

Descubra a Wolffia e a Amorphophallus, a mais pequena e a maior planta do mundo

Na Jardiland gostamos de apresentar algumas curiosidades da natureza. Hoje apresentamos a planta maior do mundo e a mais pequena. Cada uma é a antítese da outra. Descubra quais são no artigo a seguir. Vai adorar!

Qual é a planta mais pequena?

A planta mais pequena chama-se Wolffia angusta, apesar de ser mais conhecida como lentilha de água. O género Wolffia inclui 26 espécies com flores que pertencem à família das Araceae, todas elas aquáticas. Pode ser encontrada em muitas partes do mundo, mas, especialmente em áreas tropicais e subtropicais da Europa, África e Ásia Ocidental, e mesmo em alguns países sul-americanos como a Venezuela.

Não têm raízes e são completamente aquáticas de livre flutuação. As suas cores principais são o amarelo e o verde. Tem um tamanho que oscila entre 0,8 e 0,13mm de diâmetro. A flor da Wolffia ocorre numa depressão da parte superior da planta, com estame e pistilo.

Podem ser encontradas flutuando de forma independente ou em conjunto com outras plantas.

WolffiaAngusta-doprops1

E a maior flor?

A maior flor do mundo é a Amorphophallus titanum, também conhecida como flor cadáver devido ao odor desagradável que emana, semelhante ao de um produto podre. Apesar do aroma fétido, consegue atrair insetos polinizadores que realizam a troca de polén necessário para a sua reprodução.

Foi descoberta em Sumatra, Indonésia, por Odoardo Beccari em 1878. No entanto, não foi até 1889, e no Reino Unido, que se conseguiu cultivar. No Jardim Botânico de Bonn, na Alemanha, exibiu-se um espécime vivo que media 2,74 metros de altura, tornando-se, assim, na maior flor do mundo.

É uma planta herbácea que pode crescer até 3 metros de altura. Tem um tubérculo superficial do qual brota uma única haste com uma única folha e pedúnculo floral. A sua expectativa de vida é de cerca de 40 anos e apenas floresce três ou quatro vezes na vida. É um grande acontecimento para se assistir.

As flores formam uma inflorescência com forma de espádice, que, por sua vez, está protegida por uma espata. Geralmente, têm uma cor verde por fora e vermelho por dentro.

DSCN1441

Estas duas plantas deixam-nos maravilhados com as suas características contrastantes. Adoramos descobrir estas maravilhas da natureza!

Deixar um comentário