A Jardiland de Sant Cugat mostra espécies do lago Tanganica

A Jardiland pretende aproximar-nos de um hobby apaixonante como a aquariofilia. Para tal, a Jardiland de Sant Cugat organizou uma exposição de Cíclidos conchícolas num nano aquário, provenientes do lago Tanganica. Uma exótica amostra da fauna marinha africana que facilmente poderá ter em sua casa.

O lago Tanganica (ou Tanganyika) é o segundo maior e mais profundo lago no mundo. Localizado na África Central, contém pelo menos 250 espécies de peixes Cíclidos (Cichlidae) e outras 150 espécies de peixes não Cíclidos, a maioria dos quais vive nas margens do lago a uma profundidade de 180 metros. Algumas destas espécies podem dar-se muito bem em aquários muito pequenos.

As mais conhecidas são: Neolamprologus ocellatus e Neolaprologus brevis. Estes pequenos ciclídeos de África, apesar do seu pequeno tamanho, podem ser vivazes e territoriais com outras espécies de conchícolas, por isso é aconselhável escolher companheiros de aquário não muito grandes como alguns Julidochromis ou Neolaprologus. Eles são chamados de conchícolas, porque vivem e reproduzem-se em conchas vazias de espécies como Neothauma tanganicense, Paralemania Domoni, Chytra Kirki, etc., sendo estas essenciais como refúgio da sua vida no lago.

Deixar um comentário