Plantas aromáticas: a Lavanda

Encha o seu jardim de aroma com a lavanda

As plantas aromáticas requerem poucos cuidados e são muito resistentes. A Lavanda, em particular, é uma aromática de belas flores azuladas ou violeta com um aroma fresco.

A lavanda foi introduzida na Europa pelos romanos; o seu nome vem do latim ‘lavare’ que significa lavar, indicando que, na altura, era utilizado como um cosmético.

Lavanda-Jardiland

A alfazema ou lavanda é um pequeno arbusto lenhoso perene que pode atingir 1 metro de altura. Pode colocá-lo em qualquer lugar ao sol, não precisa de rega excessiva nem de fertilizante; ao plantar pode enriquecer o solo com adubo mineral e estrume. Precisa de uma poda de rejuvenescimento após a floração e é aconselhável fazer uma poda suave na primavera. No inverno, não precisa de proteção se estiver num local abrigado.

A lavanda repele a maioria dos insetos, exceto abelhas e vespas. Pode plantar perto das suas roseiras e servirá como um escudo contra pulgões.

As suas folhas são cinzentas em primeiro lugar, mas, vão-se tornando verdes e as suas flores agrupam-se em espigas terminais azuladas. A lavanda vai encher o jardim de flores na primavera e no verão. Por isso, coloque-a no seu canto de descanso e desfrute do seu aroma enquanto relaxa.

Lavanda-Jardiland1

Pode cultivar a lavanda em vaso como exemplar isolado ou combiná-lo com outras espécies. No jardim é ideal para canteiros ou bordaduras.

A Lavanda é usada na fabricação de muitas colónias, perfumes e outros produtos de higiene pessoal. O óleo essencial é usado para aromatizar cremes e sabonetes. Decore um quarto ou casa-de-banho com uma cesta de flores de lavanda e desfrute do seu perfume inebriante.

Graças ao seu aroma, flores e sementes secas são ingredientes comuns em pot-pourris e sacos de cheiro, por isso, se tem uma planta de lavanda em casa, recomendamos que use as flores para perfumar armários colocando-as num saco de pano.

Captura de ecrã 2014-06-4, às 10.45.06

Deixar um comentário