O gerânio: flores do passado e presente

O gerânio continua a dominar nas varandas e janelas

Talvez o seu nome científico, Pelargonium, não diga nada; mas, se ouvir falar sobre Gerânios rapidamente lhe vem à mente a imagem desta planta com os seus ramilhetes de flores vermelhas ou rosa. O Gerânio é uma das plantas mais comuns nas varandas!

A verdade é que o gerânio nunca passa de moda e continua a surpreender com variedades de flores duplas e folhas perfumadas e matizadas. Existem mais de 400 espécies de gerânios divididos em termos de cor, tamanho e cheiro das flores.

É uma planta decorativa e fácil de cuidar que, habitualmente, alcança cerca de 40 centímetros de altura, tornando-a ideal para jardins e para vasos nas janelas e varandas. Prova disso são os pátios em Córdoba e toda a região do Mediterrâneo, onde os invernos são suaves e os gerânios não estão expostos às geadas.

É uma planta de exterior e, como tal, não precisa de pleno sol. Mas, também, pode ser de interior, se receber luz suficiente; a chave é muito sol de manhã e sombra parcial na parte da tarde. Se mora em zonas frias, durante o inverno, coloque-a numa divisão iluminada e quente.

Geranio-Calliope-Francia-1024x680

Planta-se entre abril e junho e, como muitas outras espécies, floresce durante os meses de primavera até novembro. Nas primeiras semanas, regue abundantemente. Na primavera, cerca de três vezes por semana e diariamente no verão. É importante regar as raízes e não as folhas. Para prolongar a floração ao  máximo, retire regularmente as flores murchas.

Qual é a diferença entre o gerânio calliope e os outros gerânios? O Calliope é uma variedade nova e resistente ao calor. É muito rústico e de crescimento vigoroso. As suas flores são de um vermelho intenso. É ideal para vasos ou jardineiras.

Na Jardiland vai encontrar, entre outras variedades, o gerânio “Calliope” em vaso de 13​cm de diâmetro por apenas 2,50€, até 19 de abril.

Deixar um comentário