Lavanda stoechas: bela e decorativa

A Lavanda stoechas é uma aposta segura para vasos, canteiros e jardins.

A lavendula Stoechas, típica da costa do Mediterrâneo, é uma das mais de 30 variedades que a lavanda tem. É um arbusto com múltiplas ramificações que terminam em flores alongadas, violáceas com  uma intensa fragrância.

lavanda

Este arbusto tem as folhas resistentes e encontra na primavera a sua fase de floração. As suas flores violetas são pequenas e têm forma de espiga. E se fizer uma pequena poda da planta mal floresça, terá flores de lavanda até ao outono, sempre que as condições sejam as necessárias.

É uma planta melífera, isto significa que, graças ao facto do seu odor ser detectado ao longe, o pólen, própolis e mielina das suas flores são utilizados pelas abelhas para a produção de mel. É uma relação simbiótica que ajuda a própria lavanda a alcançar uma maior polinização.

A Lavanda stoechas é ideal para vasos, canteiros e jardins ornamentais, pois, o seu tamanho médio vai de 30 a 60 cm. Em dois anos, dobra de tamanho e atinge a sua altura máxima no terceiro ano. É uma planta que vive, em média, seis anos.

É uma planta que gosta muito da luz e temperaturas quentes. Aguenta bem a seca e o excesso de rega pode tornar o seu caule escuro. Para que esteja bem-nutrida, enriqueça o solo com adubo e certifique-se de que esteja bem drenado.

Lavandula-stoechas

Além disso, esta lavanda  não é apenas decorativa quando enraizada na terra. É uma flor muito utilizada para arranjos de flores e quadros de flores secas.  Sugerimos que corte algumas espigas quando a flor começar a abrir e as pendure viradas para baixo.

Deixar um comentário