Dipladenia: sempre verde, cheia de flores e fácil de cultivar

Desfrute da sua cascata de flores 

A dipladenia é uma trepadeira perene com folhas de um verde intenso e escuro que exibe ramalhetes de flores vermelhas, rosas ou brancas que caem em cascata. É nativa da América do Sul e atinge uma altura de até 2 a 3 metros. Quer saber mais?

dipladenia

Muitas vezes, a dipladenia é confundida com a mandevilla, mas, na verdade, é uma variedade arbustiva e menos trepadeira.  A dipladenia é uma planta muito cultivada, pois, apesar das suas formas simples, as flores de cores fortes e em forma de trombeta chamam a atenção. Tampouco, deixa indiferentes os insetos polinizadores ou as abelhas ou aves, como o beija-flores.

Esta planta, que vive em áreas com invernos suaves e pouca geada, exibe o seu bouquet de flores desde a primavera até ao verão. A temperatura ideal é entre 18 e 21 graus. Apesar de precisar de muita luz, não suporta a exposição directa ao sol durante durante as horas centrais do dia, senão queima. Pela mesma razão, se estiver no interior durante o inverno, não deve ficar muito perto de fontes de calor. Nos meses frios, a temperatura adequada é cerca de 13 graus.

Para fomentar o seu crescimento, é melhor é,  durante a primavera, quando ainda é uma planta jovem, beliscar os brotos novos. Quando já for uma planta madura, remova os galhos mortos e faça a poda nos ramos principais durante o inverno. Cuidado com a seiva, pois pode irritar a pele.

Mandevilla

Esta planta requer uma rega regular durante os meses quentes, abrandando durante os meses frios. O solo nunca deve estar nem muito molhado nem demasiado seco para que cresça forte e saudável. Como fertilizante, pode escolher um com o dobro de fósforo que de nitrogénio ou potássio.

Deixar um comentário