Poinsettia, a flor mais emblemática do Natal

As suas brácteas vermelhas eclipsam as flores, pequenas e minúsculas da Poinsettia

A Euphoria pulcherrima, vulgarmente conhecida como Poinsettia ou Flor de Pascua, teve a sua origem no continente americano, em concreto, no México. Com uma beleza singular e como o nome sugere, a mais bonita vai trazer um toque natalício extra a qualquer lar. 

É a planta indiscutível durante esta festividade, clássica e elegante ao mesmo tempo, que combina tradição com modernidade.

Pretty-Poinsettia-1

O vermelho intenso das brácteas 

As suas brácteas podem ser de cores diferentes, como amarelo, branco ou salmão, embora a mais comum seja o vermelho. Embora à primeira vista possam ser confundidas com as flores da poinsettia, não o são.

As suas reais flores aparecem no centro destas brácteas e são pequenas e amarelas. Estas se vêm ofuscadas pelas folhas, que têm como função principal a de atrair insetos, garantindo assim a polinização.

Ao contrário de outras plantas, estas flores não têm valor ornamental, mas é todo o conjunto que dá cor e alegria ao espaço onde estiver colocada.

Poinsettia12

O melhor atendimento para poinsétia

Especialmente quando estão em flor, precisam de mais luz. É importante não colocá-las em lugares secos e mal iluminadas, pois perderá as suas folhas.  Ao lado da janela, pode receber toda a luz que quiser, mas tenha cuidado para que não apanhe muito frio durante a noite.

Odeiam o aquecimento a temperaturas elevadas, uma vez que envolve a perda das suas folhas. Pulverize as folhas directamente para que tenham humidade constante. É importante que o faça sobre as folhas, já que as brácteas poderiam ficar afetadas com manchas.

Regue pela parte inferior da planta, sempre dirigida de forma direta no vaso. Duas regas semanais são suficientes. Confirme, antes da rega, se a maior parte do substrato já está seco, para não sobrecarregá-la de água que poderia causar a sua podridão.

Adube com fertilizante líquido com uma frequência aproximada de 10 dias.

Pode-a ter tanto dentro como fora do jardim. Vivem perfeitamente em climas quentes.

Após a temporada de inverno, faça a poda e plante-a no jardim numa área ensolarada, para que durante a primavera e o verão volte a brotar e crescer, conseguindo florescer novamente no Natal!

É essencial para retirar o papel que a envolve quando chegar em casa para favorecer a o seu arejamento. 

Deixar um comentário