Romã, um fruto cheio de saúde

Descubra os muitos benefícios da romã

Punica granatum ou romãzeira, é nativa da Ásia e da bacia do Mediterrâneo. É um arbusto ou uma pequena árvore que pode atingir os 5m de altura, os ramos são ligeiramente espinhosos e as folhas são brilhantes. Há uma variedade miniatura, a Punica granatum ‘Nana’, que tem folhas e flores semelhantes aos frutos de romã comum, mas, em tamanho muito mais reduzido.

A romãzeira não é exigente com o solo, uma mistura normal, será suficiente. Quanto à rega, precisa de muita água no verão, mas deixe o solo secar um pouco antes de regar novamente. Fertilize entre o início da primavera e no outono a cada 20 dias, mas não o faça se foi recém-transplantada; neste caso, espere até que brote. Faça poda de manutenção no início da primavera.

Punica-granatum-plena-2-bg

Floresce no verão
 e as suas flores são de uma cor escarlate brilhante, mas também podem ser brancas, rosa ou, até mesmo, amarelas. Para florescer abundantemente é melhor colocá-la em pleno sol. O seu fruto é conhecido como romã, com uma polpa vermelha suculenta e comestível que tem uma longa lista de benefícios.

É um antioxidante potente, pois contém flavonóides, ácido málico e ácido oxálico. Os níveis elevados de polifenóis ajudam a proteger as células contra danos causados ​​pelo envelhecimento. Graças a este antioxidante, ajuda a reduzir o colesterol. Tem também propriedades anti-sépticas e anti-inflamatórias, pelo que melhora a saúde oral e da pele. É rica em potássio, magnésio, fósforo e ferro; também contém vitamina B1, B2, B5 (ácido pantotênico), vitamina E, niacina, ácido fólico e é rica em vitamina C. Cem mililitros de sumo de romã fornece 16% das suas necessidades diárias.

Reduz o risco cardiovascular, pois ajuda a manter as artérias livres de depósitos de gordura. Tem efeitos favoráveis para aliviar a asma, a febre e os efeitos de doenças cardiovasculares. Evita a retenção de líquidos, ajuda a combater a hipertensão, a anemia por deficiência de ferro, a aterosclerose, o excesso de ácido úrico e parasitas intestinais.

roma

O sumo de romã aumenta os níveis de testosterona e, também, pode ter resultados positivos na qualidade do esperma. Considera-se também que pode ajudar a reduzir a progressão do cancro da próstata e pode ser benéfica para outros tipos de cancro, pois contém polifenóis, taninos e anticianinas, que desempenham um papel importante na morte de células cancerígenas.

É um alimento muito versátil. Pode incluí-lo na sua dieta de diversas maneiras. Pode preparar pratos incríveis e originais: macedónias, saladas, batidos, sumos, misturadas no iogurte, em molhos para acompanhar carnes e em sobremesas diversas.

Além disso, não engorda. Fornece apenas 65 calorias por cada cem gramas. É de fácil digestão e ideal para adelgaçar devido à sua alta quantidade de fibras; ajuda a combater a prisão de ventre e é um bom diurético. O sumo da romã ajuda a redistribuir a gordura ao redor do corpo, eliminando a acumulação na zona do abdomen.

Plante uma romãzeira e aprecie esta fruta tão benéfica para a saúde e beleza.

 

Deixar um comentário