Que devo fazer em fevereiro no meu jardim?

Prepare o seu jardim para fevereiro

O frio de fevereiro pode-nos fazer acreditar que não é um bom momento para trabalhar o jardim, mas é exactamente o contrário.

É nesta altura que deve começar a prepará-lo para que esteja tudo pronto com a chegada da primavera e, assim, possa aproveitar todo o seu esplendor quando a temperatura começar a subir.

Há muitas tarefas que deve realizar no seu espaço exterior durante o inverno.

Pode começar a organizar os canteiros e plantar aquelas espécies que crescerão ao longo do ano: espécies como abóbora, batatas ou pimentos, por exemplo; e aromáticas, como o tomilho, alecrim, orégão, etc.

É também a altura de cultivar e podar as árvores frutíferas e a maioria das espécies de folha perene e caduca. Lembre-se que com esta poda irá melhorar a aparência das árvores ornamentais e vai ajudar à produção dos frutos.

Além disso, pode aproveitar para remover galhos velhos ou danificados. É também o momento ideal para o transplante das plantas vivazes e dos arbustos de folha caduca.

Se quiser colocar relva no seu jardim, prepare o terreno. Se já o fez, comece a eliminar as ervas daninhas indesejáveis, e, se notar um forte crescimento de musgo, espalhe um pouco de sulfato de ferro para o remover.

Em relação à rega, deve controlá-la bem durante este mês, dependendo se for um mês de muitas chuvas ou não. Tente regar pela manhã para que as plantas sequem durante o dia e não passem a noite molhadas.

Finalmente, a humidade e as temperaturas baixas de fevereiro podem desencadear o aparecimento da doença chamada Botrytis cinerea, um fungo que provoca o bolor cinzento e ataca principalmente os frutos, mas também pode afectar brotos, caules e flores.

No que se refere a pragas, as lesmas e caracóis são os que podem causar mais problemas, e,  se as temperaturas nesta altura não forem assim tão baixas, deve estar atento para que não comecem aparecer pulgões nos rebentos.

Deixar um comentário