Posso deixar o meu gato sozinho durante as férias?

O que fazer com o meu gato na minha ausência?

Os gatos são independentes e bastante solitários, esta é a opinião geral sobre a personalidades destes felinos. Muitas vezes nos perguntamos se é melhor deixá-los sozinhos em casa quando vamos de férias ou se é melhor levá-los. A verdade é que tudo depende do gato, mas deixamos alguns conselhos gerais que poderão ajudá-lo a decidir, caso esteja indeciso.


Fonte

Sendo um animal sedentário, saiba que para o gato é muito importante sentir-se confortável no seu território e, portanto, não gosta muito de mudar de casa. Se o levar para um lugar desconhecido, esta nova situação pode causar-lhe stress e até levá-lo a mostrar algumas atitudes de medo. Isto se dá porque os gatos costumam deixar as suas feromonas nos espaços onde vivem, por isso, quando o levam para outro lugar, não se sente tranquilo, pois não o reconhece como sendo seu.

Se vai para fora durante poucos dias, uma semana ou menos, é melhor não levá-lo consigo. Tente arranjar alguém de confiança que possa visitar o seu gato, dar-lhe comida e água, trocar a areia e fazer-lhe companhia várias vezes ao dia. Seria ainda melhor se essa pessoa pudesse ficar em sua casa durante esses dias, mas, não sendo possível, visitas regulares serão o suficiente.


Fonte

Se a ausência vai ser longa, então, leve o gato consigo. Só precisa de ter paciência até ele se adaptar à sua nova casa. Novas pessoas, barulhos ou outros animais pode causar-lhe situações assustadoras e, por consequência, tentar fugir. Seja especialmente cuidadoso se ele for muito assustadiço e tente controlá-lo nos primeiros dias, verificando se ele se está a adaptar. Pouco a pouco, vai impregnar o lugar com as suas feromonas e assim acostumando-se à nova situação.

Outra opção é levá-lo para um hotel de animais, mas, antes de o fazer, certifique-se de que o lugar cumpre com todas as normas e que o seu gato vai-se sentir o mais confortável possível. De qualquer forma, o melhor é ficar perto dele, pois os gatos, por muito independentes que pareçam, também precisam de companhia e alguma estabilidade.

Deixar um comentário