Os simpáticos furões

Os furões são animais que poderá ter em casa

Antes de adquirir um animal é necessário para informar-nos acerca das suas características e necessidades e, se está a planear viver com furões, não se preocupe, eles podem viver em casa com a sua família… são simpáticos e inteligentes.

Os furões são originários da Europa, pertencem ao género dos mustelídeos, como por exemplo, a marta, a doninha e a fuinha.

Encontram-se em liberdade na Europa, e, geralmente, caçam à noite e sozinhos. Os furões são carnívoros, portanto, não deve ser deixado sozinho com pequenos mamíferos, como coelhos ou ratos… porque o seu instinto de caça poderia matá-los ou magoá-los.

Longevidade: 5 a 10 anos

Peso: aproximadamente 1,5kg para machos e 700g para fêmeas

Tamanho: 35 a 65cm

furao

Como acomodá-lo em casa

O furão é um animal doméstico e passa muito tempo na gaiola, mas necessita uma espaçosa, no mínimo com 100x 50x50cm.

Para o furão ser feliz na sua gaiola deve ter acessórios originais, como redes, e proporcionar diferentes níveis para que possa correr. Devem ser limpas todas as semanas.

Visto que um furão adulto dorme entre 18h e 20h horas diariamente, com alguma peça de tela suave e cómoda  que faça do colchão um espaço mais quente, de modo a que o animal possa dormir tranquilamente. A cama pode ser feita com pedaços de papel prensado ou pode-se utilizar, também, complementos vegetais (lascas de faia, espigas de milho, palha) evitando sempre que fique algum tipo de pó.

Os furões têm de deixar as suas gaiolas, pelo menos, 3 horas por dia. A gaiola deve ser colocada longe de fontes de calor, num sítio onde não haja muito movimento e pouca luz.

Como deve ser alimentado

Nos primeiros meses da sua vida, o furão come até três vezes ao dia, depois passa a uma ração diária. Nesta fase inicial de sua vida, uma vez que precisam ser alimentados com muita frequência, devemos a comida ao seu alcance.

As fibras, mas, especialmente os produtos açucarados, não são recomendados na dieta do furão.

Para uma nutrição adequada, na sua dieta não devem faltar produtos com uma alta percentagem de proteína da carne, vitaminas A e E, gorduras polinsaturadas adequadas e pobre em sal, fibras dietéticas, hidratos de carbono….

Não se esqueça de colocar um bebedouro dentro e fora da gaiola.

Higiene

Em relação ao banho do nosso amigo, este deve ser habituado desde muito jovem, uma vez por mês é suficiente. É aconselhável usar sempre um shampoo específico para furões, uma vez que a sua pele e pêlo são muito sensíveis.

Vacinação: primeiro é preciso desparasitá-lo com o fármaco considerado adequado pelo veterinário. Deve ser feito a cada três meses. Quando atingir os oito meses terá de administrar a vacina anti-rábica.

É aconselhável cortar as unhas, a cada 15 dias, tomando cuidado para não cortá-las muito curto.

São vários os fatores que podem fazer com que o nosso furão não tenham uma bonita pelagem: uma alimentação inapropriada, a época de acasalamento ou de muda e uma higiene inadequada.

Um animal saudável apresentará sempre um pêlo abundante e lustroso.

E os pequenos…  

A reprodução de furões é complicada. É preciso ter conhecimento e experiência. Os furões não sofrem por não criar e nem todos dão para a reprodução. Para criar deve ter cerca de um ano de idade (mínimo de 10 meses) e não deve ser da família.

Antes de fazer criação, devem ser feitos vários testes aos animais para prevenir malformações ou doenças. É aconselhável consultar um veterinário.

Gestação: 43 dias, em média

Número de crias: 1 a 15

Desmame: 5 a 6 semanas

Deixar um comentário