Os Degus

Os Degus são animais muito sociáveis

Os degus são uns roedores encantadores, muito interativos, mansos e sociáveis entre as pessoas e outros da sua espécie. No início, são um pouco medrosos, mas, logo adaptam-se à convivência sem nenhum tipo de problema.

São nativos do Chile e Peru e estão acostumados a viver em lugares como montanhas, planícies e pântanos. Morfologicamente são muito semelhantes às chinchilas, apesar de uma diferença substancial que é a pelagem, um pouco mais áspera e curta em relação aos Degus.

Pode ter um em casa sem qualquer tipo de problema, mas há dois fatores muito importantes a considerar: habitat e alimentação.

degus1

Em relação à gaiola, deve ser o maior possível para que tenham espaço, já que eles precisam fazer muito exercício e gostam de correr. Normalmente, as gaiolas estão equipados com uma base de barras na parte inferior. Tire-a e coloque substrato de papel de jornal prensado, que será muito mais higiénico e confortável para eles.

Se a gaiola tiver dois pisos, muito melhor. Na parte inferior coloque uma cama à base de um produto de papel reciclado que, pela sua suavidade, vão usar para criar o seu ninho. Também pode colocar feno misturado com papel, já que também é um elemento básico da sua alimentação.

O Degus suporta melhor o frio do que o calor e é importante, se o tivermos dentro de casa, não colocar a gaiola perto de fontes de calor, como radiadores; tampouco, colocá-los debaixo de um aparelho de ar condicionado, nada de correntes de ar e sempre temperaturas entre 15 e 20°C. Durante os primeiros dias devem estar mais na penumbra e afastados de outros animais de estimação até à habituação.

degus2

No caso da alimentação, esta deve ser específica para Degus, já que têm algumas necessidades específicas que só podem ser obtidas em alguns alimentos. Precisam de vitamina C, mas não podem comer frutas, pois contém uma elevada percentagem de açúcar que lhe pode trazer diabetes. É preciso fornecer suplementos vitamínicos que contenham este tipo de vitamina na água do bebedouro.

No geral, a comida é composta de farelo, trigo, alfafa, hibisco, vidoeiro e muitas outras plantas ricas em proteínas e glicose. Quando abrir a comida do Degu, coloque-a dentro de um recipiente hermético para conservar-se e a vitamina C não ser eliminada.

É aconselhável não deixar muita comida no comedouro, já que pode oxidar a vitamina C. É melhor deixar pequenas quantidades várias vezes ao dia. Se lhe quiser dar um prémio, pode dar-lhe snacks de  chinchila, porque a sua comida é muito similar. Aos Degus os dentes vão crescendo, como todos os roedores, pelo que é importante puderem comer galhos para irem limando os dentes.

Coloque também um bebedouro na gaiola, para que eles possam beber água a qualquer momento. É aconselhável colocar a comida no piso superior, para que se entretenham a procurá-la e tenham de fazer exercício para chegar até ela.

degus

Deixar um comentário