Cuidar da relva

Está na altura de tratar do relvado!

Um relvado saudável e bem conservado é um elemento decorativo e atraente que oferece uma área livre na qual podemos caminhar, brincar ou apenas relaxar.

relvado

Elimine regularmente as ervas daninhas do relvado

Agora, no início da primavera, quando as temperaturas ainda não são muito elevadas, é hora de aplicar os produtos que ajudam a erradicar ervas daninhas.

Use um herbicida para relvados. Encontrará produtos que combinam a ação fertilizante com a herbicida. Eles alimentam o relvado e eliminam as indesejáveis ervas daninhas, como o dente-de-leão, os trevos, a tanchagem, a veronica ou margaridas….

Também pode usar herbicidas sistémicos que espalham-se pelas ervas daninhas até chegar às folhas e raízes e as destruir.

A gama de produtos para manter o seu relvado limpo e em forma é muito ampla. Podemos encontrar fertilizantes de triplo ação que nutrem o relvado, destroem as ervas daninhas e eliminam o musgo.

Os especialistas da Jardiland podem ajudá-lo a escolher o produto certo para cada necessidade.

Poucos dias após o tratamento, é preciso varrer vigorosamente para remover o musgo que ficou preto e as ervas daninhas mortas.

Uma vez aplicado o herbicida, não cortar a relva imediatamente; aguarde, pelo menos, 5 dias.


Escarificar e arejar o relvado

Se ainda não o tiver feito, passe o escarificador para arejar o solo e estimular a penetração de água e fertilizantes. Deste modo, assegura-se que chegam até às raízes da relva. Em seguida, limpe a relva dos musgos e folhas secas.


Alimente bem a relva

Adube a cada 2 meses com um adubo específico para relva. Aplique o fertilizante depois de cortar a relva e regue imediatamente a seguir para promover a penetração profunda do adubo.

Se tem relva em áreas de sombra, deve multiplicar por dois a dose do fertilizante já que a relva vai precisar de mais nutrientes.

Um relvado bem fertilizado torna-se mais forte e mais denso e tem muitas mais defesas contra o surgimento de ervas daninhas e musgo.

Quando o calor aperta, em pleno verão,  não fertilize, pois poderia queimar as folhas.


Assegure-se que o seu relvado não passe sede.
 A rega é muito importante

Em solos arenosos, com boa filtração, faça regas curtas e frequente. Algumas vezes por semana será suficiente na primavera.

Em solos argilosos, que são mais pesados, as regas devem ser demoradas e menos frequentes. Mas, certifique-se de que o solo está bem encharcado, pelo menos nos primeiros 10 centímetros da terra. Regar uma vez por semana, se não chover.


O corte da relva na primavera

Na primavera, corte a relva, pelo menos 1 vez por semana, a uma altura mínima de 4cm. Quanto mais curta for a relva, mais rega precisa, por isso não é aconselhável deixá-la mais curta. O ideal é remover 1/3 da altura cada vez que efetuar um corte.

Recolha a relva cortada já que, se não o fizer, vai apodrecer em cima do seu tapete verde, podendo causar doenças.

relvado1

Se precisar de mais informações sobre como cuidar da relva ou qualquer outro assunto, pode entrar em contacto conosco através deste blog ou através das redes sociais!

Deixar um comentário