Conselhos para cuidar de um gato esterilizado

Um gato esterilizado pode engordar uma vez que o seu apetite aumenta e reduz a atividade

Entre os motivos para esterilizar gatos, seja macho ou fêmea, é a prevenção do abandono animal e controlar a agressividade e territorialidade que alguns felinos podem desenvolver. Após a operação, é necessário saber como cuidar de um gato esterilizado para que recuperar o mais rapidamente possível e para que não há desenvolva outros efeitos com o tempo, como o excesso de peso.

Note-se que a operação exige anestesia geral e, como as pessoas, vão precisar de um período de descanso:

  • Movimentos: É importante que, durante os dois primeiros dias, não se mexa muito. Assim, coloque a comida e os seus brinquedos em locais acessíveis. No entanto, é provável que passe o dia a dormir.
  • Alimentação: A princípio, vai estar um pouco dorido e pouco esfomeado, pelo que deverá reduzir a quantidade de comida e esperar alguns dias antes de voltar a alimentá-lo com a dose habitual. Certifique-se de, pelo menos, esteja bem hidratado.
  • Pontos de sutura: As fêmeas têm os pontos na sua barriga e chegam com mais facilidade do que os machos. Evite que o seu gato lamba, toque ou morda os pontos, caso contrário, podem abrir. Pode usar um colar ou uma peça de roupa ou ataduras.

gato

Após as primeiras semanas, é importante que continue a prestar especial atenção à sua dieta, uma vez que os gatos esterilizados tendem a engordar, porque segregam menos hormonas sexuais e o apetite aumenta, mas também tornam-se mais passivos e gastam menos energia.

Na Jardiland temos comida para gatos esterilizados de várias marcas. Cuide do seu gato com uma dieta equilibrada e completa.

Deixar um comentário