Como dar banho a um gato?

Não é inteiramente verdade que os gatos não são amigos da água

Muitas das pessoas que têm gatos, acreditam que os gatos não gostam de água e que, como eles se lavam, nunca lhe dão banho.

Mas, é possível acostumar um gato ao banho e fazer dessa ocasião uma boa experiência tanto para ele como para você.


Fonte

É verdade que os gatos mantêm-se limpos, mas, às vezes, o excesso de pó acumulado no pêlo, sujidade por algum motivo específico, a obesidade que pode impedir uma boa higiene, algum tratamento terapêutico ou os alérgenos que traz consigo, podem tornar importante dar-lhe um bom banho.

O mais recomendável é acostumá-lo quando ainda é pequeno, pois serão mais receptivos e lavá-los com água e sabonete, não vai ser um problema. Primeiro, deve dar-lhe banho num lugar calmo e não parar de lhe dar carinho durante o banho para evitar que fique stressado. É importante que seja sempre a mesma pessoa, porque, além de fortalecer o vínculo com o animal, ele vai-se sentir muito mais seguro e confiante.


Fonte

Na hora de o molhar, faça-o com cuidado e nunca o coloque debaixo de água corrente, pois poderia entrar em pânico. A água deve ser morna, cerca de 30°C, e deve dedicar algum tempo para que ele se acostumar ao som da água e ao contacto com ela.

Em relação ao champô, é essencial utilizar um próprio para gatos, já que qualquer outro poderia ser extremamente prejudicial para a saúde. Também é importante retirar muito bem o champô e não deixar nenhum resto de sabonete já que poderia causar comichão irritante e possíveis lesões, ao tentar combatê-la.

A secagem deve ser perfeita, nunca o deixe húmido, a menos que esteja muito quente. No início, não gostam muito do barulho do secador, assim que pode começar por esfregá-lo com uma toalha com o secador já ligado para se ir acostumando para ocasiões futuras.

Assim que estiver pronto, se for possível, deve acabar por lhe dar uma boa escovagem e deixá-lo num lugar quente ou onde tenha uma fonte de calor para onde ele vai, com certeza, aproximar-se.

Se repetir este processo ao longo do tempo (cerca de duas ou três vezes por ano; em caso de dúvida, consulte o seu veterinário), verá como o seu gato se vai acostumar a tomar banho e tornar-se numa actividade divertida para ambos.

Deixar um comentário