Chegou o momento dos bolbos de verão!

Prepare os seus bolbos para criar todos os tipos de combinações

Dálias, begónias, lírios, gladíolos, … os bolbos de verão são numerosos. Constituem maciços impressionantes e a maioria pode ser utilizada para fazer bonitos ramos.

Os bolbos de verão plantam-se na primavera, desde o fim de março até ao fim de junho. Preferem uma exposição ensolarada, excepto os Ranúnculos e as Begónias, que preferem a sombra.

Preparação do solo

O solo é preparado oito dias antes do plantio: cavar fundo, remover as ervas daninhas e as plantas indesejáveis, incorporando turfa ou areia à terra afinando a mistura com um ancinho.

Para o cultivo em vaso, limpar corretamente o recipiente, e, sem hesitar, desinfectar com um pouco de lixívia misturada com água. Não misture estrume à terra durante a plantação, já que causaria o crescimento de fungos no bolbo.

A que profundidade se deve plantar?

O ideal é cerca de 2 vezes e meia o diâmetro do bolbo. Por exemplo, um gladíolo com cerca de 1,5cm  de diâmetro deve ser plantado a 3,5cm de profundidade.

Os bolbos são plantados em grupos e em número ímpar: 13 para os bolbos menores e 5 para os maiores, como as dálias e gladíolos.

Como cuidar?

  • Rega: precisam de muita água para um bom enraizamento e desenvolvimento.
  • Fertilizante: para manter a floração abundante, fertilizar com um adubo especial para bolbos ou plantas com flores.
  • Tutor: coloque um tutor nas plantas bulbosas maiores, especialmente em zonas ventosas.
  • Cuidado: combata os parasitas com um insecticida polivalente (especialmente nos gladíolos e lírios, muito sensíveis a ataques de pulgões); vigie as dálias, para que não sejam comidas por caracóis e lesmas. Arranque os bolbos quando começarem as primeiras geadas, mas faça-o de forma delicada, se os quiser conservar.

Os bolbos de verão oferecem uma infinidade de combinações

Aproveite o poder dos bolbos de verão para criar composições muito coloridas. Nas bordas para melhorar um maciço, nada melhor que as dálias, begónias ou gladíolos com cores muito brilhantes e alguns lírios para dar o toque final a um maciço.

Na sombra ou semi-sombra, as begónias fornecem soluções para iluminar os seus maciços ou vasos. Em composição ou em vasos, associam-se com Impatiens ou Lobélias, e as Dálias com as Capuchinas.

No terraço, lírios callas e Agapanthus, crescerão lindamente.

Deixar um comentário