As propriedades curativas dos Florais de Bach

Os Florais de Bach são usados ​​para tratar estados emocionais

De 1926 a 1934, o pesquisador, médico e homeopata, Dr. Edward Bach, descobriu esta terapia que consiste em solucionar um problema emocional para resolver um problema físico, ou seja, tratar o indivíduo em vez da doença.

A teoria do Dr. Bach é que todas as doenças físicas têm uma origem emocional, não são apenas um conjunto de sintomas físicos, pelo que se os conflitos emocionais são mantidos por um longo período de tempo, a doença pode aparecer no corpo; restaurando o equilíbrio emocional, é possível resolver a doença física.


Fonte

O Dr. Bach baseou a sua investigação nas flores da sua região, com espécies nativas do País de Gales (Grã-Bretanha), até que as suas experiências deram frutos e encontrou 38 essências elaboradas à base de flores de árvores, arbustos e plantas silvestres, cada uma delas para curar diferentes estados emocionais: medo, incerteza, indiferença, solidão, influenciável, desespero e preocupação excessiva pelos outros, etc.

Estes 38 remédios naturais são as chamadas Florais de Bach. Maioritariamente utilizam-se para combater os problemas emocionais e mentais, mas a sua aplicação pode variar dependendo do sujeito a ser tratado. Por exemplo, pode ser usado em bebés e crianças: desde um recém-nascido até uma criança com dificuldades de aprendizagem. Os animais também podem ser tratados com estes tratamentos florais em situações de stress como mudança de casa ou a chegada de um novo membro à família. E, apesar de parecer estranho e a resposta emocional das plantas seja algo complicado de detectar, também se utilizam os Florais de Bach para o tratamento de pragas e doenças nas plantas, incluindo até mesmo tratar uma aparente tristeza.


Fonte

Assim, qualquer pessoa, independentemente da sua idade, pode ser tratado com os Florais de Bach para combater tanto uma doença física como um transtorno emocional, já que o tratamento visa a totalidade do ser.

Além disso, estas terapias não têm contra-indicações nem toxicidade e podem ser combinadas com qualquer outra terapia ou medicação sem interferência.

O mais recomendável é recorrer a terapeutas especializados em terapia floral, apesar de também poder pessoalmente desenvolver a mistura das essências mais adequadas de acordo com a sua situação, a personalidade ou estado emocional, sempre depois de se ter informado correctamente antes de colocá-la em prática para garantir os melhores resultados .

Deixar um comentário