A jardinagem é a chave para uma vida mais longa e saudável

A jardinagem e o cultivo de alimentos melhoram a saúde física e mental

Plantar uma semente e regá-la, ver como cresce e, passado um tempo, ver como nascem as primeiras flores e frutos da nossa planta pode ser muito gratificante para aqueles que dedicaram tempo e carinho no cultivo de alimentos e na jardinagem. Daily Express publicou a 16 de abril um artigo onde menciona que a jardinagem é uma das chaves para desfrutar de uma vida mais longa e saudável.

118155470-1024x682
Um dos maiores prescritores das chamadas “receitas verdes” é o doutor de Londres, Dr. James Cavanagh, que, perante o uso repetido de drogas, prefere a recomendação de atividades ao ar livre e o cultivo e cuidado de plantas.

Entre os benefícios desta jardinagem terapêutica, o Dr. Cavanagh destaca que essa atividade previne a demência e ajuda a reduzir os efeitos do stress e da depressão e, até mesmo, o controle do peso e da pressão arterial elevada. Além disso, é sempre uma grande oportunidade para socializar-se e realizar trabalho físico, trazendo tanto benefícios físicos como mentais.

A diretora do projeto Growing Health, Sarah Williams, argumenta que, para as pessoas que sofrem de solidão e apatia, estar ao ar livre e trabalhar com as mãos na terra, obriga-os a serem mais ativos, a respirar melhor e incentiva as relações sociais, com os benefícios sobre a saúde que tudo isso nos traz a nível físico e mental.

BACKGROUND-gardening-1024x682

O Dr. John Middleton, da Faculdade de Saúde Pública, no Reino Unido, também une à defesa da jardinagem, horticultura e agricultura como uma forma saudável de exercício: “quando nos envolvemos no cultivo e em cuidar de frutas e legumes, entendemos melhor a importância de uma dieta saudável “.

Middleton também observa como, graças à jardinagem, contribuímos para a melhoria da saúde pública e como, em alguns pacientes, cada euro investido em atividades ao ar livre, poupa 5 tratamentos.

Deixar um comentário