A importância para os cães em relacionarem-se

Ensine o seu cão a relacionar-se desde pequeno

No que diz respeito à educação do nosso cão, a socialização é um aspecto fundamental: isso vai impedi-lo de ser agressivo e medroso e terá maior capacidade de relacionar-se com outras pessoas e outros animais.

Como em qualquer tipo de aprendizagem, deverá fazê-lo logo desde o início, apesar de ser um processo que prolongar-se-á pela vida fora.


Fonte

Primeiro, quando o cãozinho entra pela primeira vez em sua casa, deve desde logo acostumá-lo com as atitudes que quer ver no futuro: onde dormir, como brincar e como comportar-se na presença de outras pessoas ou animais.

É essencial antecipar possíveis problemas, pois, com o tempo, vão ser mais difíceis de corrigir. Quando se apercebe que o seu cão está com medo de um novo objecto ou uma situação estranha, não o recompense com carinho, pois vai pensar que está a fazer algo de bom. Deixe-o acostumar-se às novas situações e ensine-o a não ter medo de objectos inofensivos.

É importante que, embora ainda possa sair por causa das vacinas, comece a passar tempo com pessoas de diferentes idades e animais de várias espécies, para que mais tarde não ache estranho sair e conhecer outras pessoas ou cães.


Fonte

Outro aspecto importante a considerar é a inibição da mordidela. Durante o período em que o cãozinho está com os seus irmãos, eles mesmos serão os que vão ensinar uns aos outros com os jogos, mas, mais tarde, terá de ser você a ensiná-lo a morder suavemente e a não ter a intenção de magoar ninguém.

É preciso apenas um pouco de tempo e paciência para ter um cão educado e respeitoso. Tenha em mente que os filhotes precisam de descansar muito tempo, por isso, não os stress com ensinamentos contínuos, pois breves momentos de actividade será suficiente, desde que sejam regulares.

Toda esta aprendizagem  servirá para desenvolver-se melhor no futuro perante diferentes situações que poderão ocorrer.

Deixar um comentário