Os animais feios em perigo também merecem uma ajuda

Uma associação inglesa procura o animal mais feio

Como o nome sugere, a chamada Ugly Animal Preservation Society formada por biólogos ingleses visa a conservação das espécies de animais feios e em perigo.

Para começar, lançaram uma campanha incomum que é encontrar o animal mais feio para que se torne animal de estimação e mascote representativa desta Associação.


Peixe australiano | Fonte

Segundo afirmam, já há muito tempo que os animais menos agraciados no seu aspecto físico e em perigo de extinção são esquecidos em troca dos mais bonitos ao olhar, como os ursos panda.

Por isso, o objectivo é sensibilizar a sociedade de que todos os animais, sem excepção, precisam de ajuda para manter as suas espécies, mesmo se eles pertencerem àquelas espécies que não gozam de uma bonita aparência.


Macaco-narigudo | Fonte

A iniciativa de encontrar o animal mais feio visa sensibilizar e dar a conhecer aqueles animais que raramente são vistos em reportagens e que estão, actualmente, em perigo, uma vez que, segundo eles, muitas espécies já desapareceram de forma trágica, apenas porque eram demasiados feios.


Rato-toupeira-pelado | Fonte

A competição é realizada por voto popular entre alguns candidatos e, até agora, parece que o peixe australiano ou blobfish está a preparar-se para ser o vencedor. É um peixe praticamente sem músculos  , vive nas profundezas dos mares da Austrália e são muitas vezes vítimas da pesca do arrasto.


Salamandra-gigante-da-china | Fonte

Outros animais candidatos são: o macaco-narigudo, dos quais apenas existem cerca de 7.000 exemplares; o rato-toupeira-pelado (glaber Hetrocephalus) que foi estudado devido à sua forte resistência ao cancro e, embora não pareça em absoluto, é um dos roedores mais limpo que se conhece;  a salamandra gigante que está ameaçada pela poluição, pela caça para alimentação e como um remédio da medicina chinesa; a preguiça de três dedos e a lula com dentes humanos.


Preguiça de 3 dedos | Fonte

Para votar e conhecer estes animais, veja o vídeo no YouTube. A 12 de setembro, Simon Watt, biólogo e presidente vitalício da Associação, irá anunciar o vencedor no Festival Britânico de Ciência que será realizada em Newcastle, Inglaterra.


Lula com dentes humanos | Fonte

Deixar um comentário