O Snowshoe, o gato dos pés brancos

Um gato de aparência muscular, enérgico e muito carinhoso

Conhecido como o gato dos pés brancos ou o o gato com sapatos de neve, o Snowshoe é  uma raça caracterizada pelas suas quatro patitas brancas, muita energia e ternura.

GatoSnowshoe1
Fonte

Esta jovem raça é o resultado de um cruzamento entre o Siamês e o Americano de pêlo curto, do qual herdou as patas brancas. Originou-se na Filadélfia, EUA, no final dos anos 60, quando uma fã de gatos siameses, Dorothy Hinds-Daugherty, cruzou estas duas raças e obteve crias com este padrão de cor. De tamanho médio (entre 3 e 5 kg.), o Snowshoe tem um corpo longo, forte e musculoso e a cabeça triangular com rasgos arredondados. Além dos seus “pés” brancos, é caracterizado por uma mancha branca em forma de “V” invertido no focinho. Os seus olhos também chamam a atenção: grandes e ovalados, sempre de tonalidade azul intenso, o que lhe dá um olhar bonito e original.

GatoSnowshoe2
Fonte

Geralmente, tem as orelhas muito grandes e pontiagudas, com maior largura na base. A cauda é longa e bastante larga e espessa que se vai estreitando ligeiramente à medida que atinge a ponta. De pêlo curto, pode ser de cores diferentes, seguindo o padrão dos siameses com uma cor mais escura na cara, orelhas e cauda, ​​porém, com o passar do tempo, vai ficando mais escuro. Como legado do American Shorthair, tem uma natureza pacífica e bem-humorada, mas é muito curioso e costuma miar muito e reclamar a atenção dos donos.

Também é um gato muito sociável, pelo que não terá problemas em integrar-se como mais um membro da família, partilhando o seu espaço com os mais pequenos, com quem mostra muita paciência, e, até mesmo, com outros animais.

Devido à sua forte personalidade e inteligência, necessita de estímulos adequados para evitar que se aborreça. É muito carinhoso e um pouco dependente das pessoas, por isso não é aconselhável deixá-lo sozinho durante muito tempo. A sua aparência única e temperamento pacífico o tornam num animal perfeito para levar para casa.

Deixar um comentário