O São Bernardo, um cão grande e pachorrento

Um cão grande, tranquilo, carinhoso e protector

O São Bernardo é um cão que, muitas vezes, identificamos com a típica imagem de um grande animal com um barril em torno de seu pescoço caminhando pelas florestas e montanhas. Mas, na verdade, é um animal que com a devida educação, de certeza que tornar-se-á em mais um membro da família, oferecendo-nos um carácter pacífico, pachorrento e a sua proteção leal.

CaoSanBernardo1
Fonte

De grande tamanho e força, este cão vem de um mastim já extinto que os romanos introduziram nos Alpes há dois mil anos atrás, mas, ficou mais conhecido desde que os monges do Hospício São Bernardo, na Suíça, começaram a criá-los e a utilizá-los para resgatar viajantes perdidos no nevoeiro e neve.

Actualmente, ele é um cão apreciado pela sua grande bondade e inteligência. As suas dimensões grandes fazem com que necessite de bastante espaço e de exercício físico diário, apesar de adaptar-se bem à vida em casas ou apartamentos, desde que não sejam muito pequenos. Como qualquer outro cão, é essencial que faça exercícios diariamente para evitar que a sua energia se acumule e estes provoquem atitudes estranhas no animal.

É essencial educar e socializar o San Bernardo desde pequenino para que, em adulto, seja capaz de controlar a sua enorme força e usá-la corretamente. É um animal de inteligência extraordinária, de modo que, com os métodos adequados, não é difícil que aprendam as regras básicas de convivência. Desta maneira, evitaremos reações negativas perante pessoas desconhecidas como mecanismo de protecção do seu território e família.

CaoSanBernardo2
Fonte

O seu físico é impressionante: largo, alto, pesado e de ossos duros, tem pescoço muito musculoso, as patas grandes, a cauda longa e costas largas e firmes. Ao contrário do que o seu corpo aparenta, tem um olhar profundo e bondoso com olhos médios e de cor castanho escuro. As suas orelhas pendem em ambos os lados ao nível das bochechas e é muito característica a sua marcante papada.

Existem dois tipos de San Bernardo: os de pêlo longo e abundante, ondulado e grosso, e o de pêlo curto, concentrado e liso. O São Bernardo pode ser castanho avermelhado,  avermelhado tigrado ou castanho alaranjado, combinado com sombras negras no rosto e nas orelhas e com o peito, patas, ponta da cauda, ​​o colar e a área ao redor do focinho brancos.

Grande, mas proporcional, pode pesar até 90 kg., o que significa que precisa de muita comida. Daí, o custo da sua manutenção é bastante elevada. Além disso, é importante escovar diariamente e lavá-lo regularmente, com especial atenção na boca e nos olhos. Se o educar corretamente,  poderá usufruir de um cão de família leal, amoroso, com carinho especial para as crianças, que irá protegê-las de qualquer perigo com o seu latido e aparência impressionante.

Deixar um comentário