O camaleão pantera

Um camaleão de cores variadas e surpreendentes

O Furcifer pardalis, mais conhecido como camaleão pantera é um réptil nativo de Madagáscar, que podem apresentar diferentes colorações, consoante a sua localização.

É uma réptil grande e tem uma grande capacidade de adaptação, pelo que a sua população não sofre tanto com a desmatação do seu habitat . É uma das espécies preferidas dos aficionados para ter em cativeiro.


Fonte

Com um corpo alongado e achatado, o camaleão pantera é um dos maiores que existe, com 45-55 centímetros nos machos e 35 centímetros nas fêmeas. A língua mede aproximadamente o mesmo que o corpo, sem contar com a cauda, ​​que usam para caçar insectos projectando-a a alta velocidade.

A sua grande variedade cromática é o mais surpreendente, uma vez que a coloração varia consoante a zona de Madagascar de que se originam. Assim, é possível encontrar exemplares azuis, vermelhos, rosados, verdes, cor-de-laranja, amarelos, etc., sendo os machos muito mais vistosos que as fêmeas, que mostram cores mais suaves.


Fonte

Quando mantidos em cativeiro, são, normalmente, bastantes sociáveis, embora fiquem stressados com facilidade, pelo que há que ser muito cuidadoso no manuseio. É melhor não ter dois machos na mesma gaiola, uma vez que são territoriais, especialmente na presença de fêmeas receptivas, e podem envolver-se em duras lutas. O terrário adequado para este tipo de camaleão deve ter uma ventilação muito boa, dimensões mínimas de 120x50x70 centímetros, mas, quanto mais espaçoso melhor. Deve ter ramos de diferentes espessuras em diferentes alturas e plantas para criar esconderijos naturais e aumentar a humidade.

Devido à sua natureza predatória, é preciso ter em atenção a sua alimentação, já que são ávidos predadores de qualquer animal que caia na sua boca. Caçam todos os tipos de insetos, aranhas e pequenos vertebrados, incluindo os seus próprios filhos estão sujeitos a tornarem-se alimento dos famintos e rápidos adultos. Em cativeiro, são alimentados com insectos vivos como grilos, gafanhotos, gusanos da seda, baratas, etc., além de frutas e legumes frescos.

Este tipo de camaleão é  uma das espécie mais bela, dócil e activa, mas tenha em mente as suas necessidades básicas, se o quiser manter em cativeiro.

Deixar um comentário