No Japão pode tomar um café rodeado de animais

Embora aqui possa parecer-nos estranho, já há vários anos que existem no Japão bares onde pode tomar um café, ou o que quiser, cercado por animais, sejam coelhos, cães, gatos e até cabras.


Fonte

Devido ao grande sucesso dos pioneiros “cafés de gatos” ou “neko café” que viraram sensação desde que abriu o primeiro, em 2004, essas empresas têm como norma cobrar uma entrada, cujo valor depende de quanto tempo o cliente quer permanecer nas instalações acompanhado por um ou mais desses animais de companhia “temporários”. A esse preço acrescentam-se extras, como bebidas, doces ou alimentos para animais, que geralmente circulam livremente ao redor da sala para o deleite dos clientes.


Fonte

Em poucos anos, aos bares de felinos foram-se somando todo o tipo de animais, como cães, pássaros e até mesmo existe um “réptil café”, na cidade de Yokohama, com cobras, tartarugas e lagartos com quem se pode brincar enquanto desfruta de um delicioso pão e café. Apesar das queixas de associações de animais que são contrárias a esta prática e das rigorosas leis japonesas para garantir a saúde e o bem-estar de animais de estimação, nos últimos anos nasceram, da  ilimitada imaginação japonesa, vários locais novos e extravagantes.


Fonte

O sucesso desses lugares explica-se devido às regras rígidas, especialmente em Tóquio, que impedem ter animais em apartamentos alugados, pelo que muitos amantes de animais vêm a estes cafés para estar com eles durante algumas horas. Além disso, trata-se de um país com uma taxa de natalidade muito baixa, em que um terço da população vive sozinha e com muito stress, pelo que nestes lugares os clientes encontram um ambiente descontraído, onde podem desfrutar da companhia destes animais que dão carinho, mesmo que apenas por um bocado.

via ]

Deixar um comentário