As iguanas

A iguana, com a sua aparência exótica de animal pré-histórico, pode vir a ser um animal de estimação”sociável” se tratar dela com esmero e lhe proporcionar um habitat à sua medida. A iguana, a iguana verde ou Teyú é um grande lagarto arborícola da América Central e do Sul. É encontrado desde o México até ao norte da Argentina, sul do Brasil e Paraguai, e nas ilhas do Caribe e na Flórida. Medem até 2 metros de comprimento da cabeça à cauda e podem chegar a pesar mais de 15kg. Ao originar-se destas florestas tropicais caracterizadas pelas altas temperaturas e humidade, deve tentar que o seu ambiente seja o mais próximo possível do seu habitat original.


Fonte

O seu caráter

As iguanas jovens são solitárias e muito esquivas, inclusive apanham a cauda e mordem, mas com paciência podem acostumarem-se com a presença humana. Para domesticá-la tem de retirá-la do terrário e sujeitá-la, com a mão fechada, a carícias suaves pelo corpo todo. Depois de algum tempo, enquanto ela fecha os olhos, pode abrir a mão e continuar a acariciar. Outra opção é colocá-la numa gaiola perto de você para que se acostume à sua presença. Repita esses exercícios não mais que durante uma hora, pelo menos duas ou três vezes por semana, até que seja capaz de ficar a poucos metros sem estar presa, debaixo de uma lâmpada que lhe dê calor. Em um ano e meio, vai-se acostumar à sua mão. Embora deva tirá-la de vez em quando, as iguanas passam a maior parte do seu tempo no terrário.


Fonte

O seu habitat

A amplitude, boa ventilação, e facilidade de limpeza são fundamentais. Para uma iguana pequena é suficiente 70 centímetros de altura por 70 centímetros de comprimento e cerca de 30 centímetros de profundidade, mas quando crescer terá de adquirir um maior. O substrato, que deve mudar ou lavar pelo menos uma vez por semana, pode ser de vários tipos:. musgo, papel de jornal, relva artificial ou cascas de árvore, etc, mas, deve evitar a areia para gatos ou aparas de madeira, porque, se ingerir, pode causar uma obstrução intestinal, além de que a areia é abrasiva para a sua pele. O importante é que seja fácil de limpar, inofensivo, inodoro e absorvente.
As iguanas adoram escalar, por isso coloque ramos grossos bem seguros. É muito importante que o terrário seja seguro, porque elas são bons a fugir.
A temperatura deve oscilar ser entre 25 e 35 graus durante o dia e baixar para os 20 graus durante a noite. Para isso, coloque uma fonte de calor que normalmente dá também luz, dotada de um termóstato. É importante protegê-lo com uma grade para que o animal não se queime já que aproximam-se de tudo o que podem. Um recipiente com água dará a humidade ao ambiente e servirá como uma banheira.
Também precisa receber raios UV para fixar o cálcio, por isso tem de facilitar-lhe a recepção de luz solar uma meia hora por dia e colocar no terrário uma lâmpada fluorescente especial. Evite barras ou telas metálicas como tampa, porque os dedos podem ficar presos.


Fonte

A sua alimentação

Sendo um herbívoro, a sua alimentação pode ser ampla e variada pelo que pode incluir todos os tipos de frutas e legumes: repolho, cenoura, couve, abobrinha ou abóbora, além de frutas como a maçã, uvas, tomates ou laranjas, que são um excelente complemento para sua dieta.

Cuidados a ter

As iguanas são muito resistentes às doenças se no seu habitat as medidas de higiene forem muito rigorosas. Um sinal de cuidados precários numa iguana sempre será uma doença, uma vez que estes répteis raramente ficam doentes e quando acontece, é devido às más condições de manutenção. As causas mais comuns de doenças são a falta a humidade e os problemas respiratórios e da pele por queimaduras acontecem devido à exposição excessiva aos raios UV. A pouca exposição à luz solar também pode causar-lhes avitaminose. É recomendável que faça exercício para evitar a obesidade e fracturas. Além disso, devido à sua inatividade (passam horas apenas ensoalheirando-se no terrário), deve cortar as unhas e limá-las para que não fiquem  desmesuradas e cheguem a produzir moléstias.


Fonte

As iguanas são de longa duração; podem viver 20 anos e crescem durante toda a sua vida, pelo que deve ir mudando o terrário para um maior. É preciso dar-lhes comida especial e tratar da higiene todos os dias, manter o calor no seu terrário e consultar o seu veterinário ao primeiro sinal de doença. Manter uma iguana requer muita responsabilidade, pois exige mais tempo e dinheiro do que os outros animais de estimação mais comuns, por isso, pense bem antes de adquirir uma, e, se o fizer, não se esqueça de tudo o que isso acarreta.

via ] e [ via ]

Deixar um comentário