Animais invisíveis

A camuflagem perfeita dos animais para protecção

Muitos animais conseguem colocar-se no lugar exacto para serem confundidos com o ambiente e, assim, evitando serem vistos por aqueles que os atacam. Art Wolfe , fotógrafo americano, passou vários anos, desde os anos 80, à procura de criaturas escondidas na paisagem para o seu trabalho “Vanishing Act”.

Em 30 anos de carreira, Wolfe trabalhou em todos os continentes e as suas imagens são reconhecidas mundialmente pela sua mestria, composição e perspectiva. Dedica mais da metade do ano na sua maior paixão; viajar ao redor do mundo com a sua câmera para registar as culturas nativas, a fauna em perigo de extinção e infinidade de paisagens.

O seu trabalho é dedicado por inteiro à defesa apaixonada pela vida selvagem. Com o emprego de estilos artísticos e jornalísticos, pretende atingir e educar o espectador.

A sua abordagem única para a fotografia da natureza é baseada na sua formação artística e no seu amor pelo ambiente. O seu principal objectivo é obter mais apoios para as questões de conservação e focalizar-se em tudo o que é bonito na terra.

De acordo com William Conway, ex-presidente da Sociedade de Conservação da Vida Selvagem, Wolfe é “o mais prolífico e sensível gravador de um mundo em rápido desaparecimento natural”.

Ao longo de sua vida, Wolfe tirou cerca de um milhão de imagens e já publicou mais de 60 livros, alguns dos quais premiados como o trabalho que estamos a apresentar: “Vanishing Act”‘ou’ “Living The Wild”, “África”, “Edge of the Earth Corner of the Sky” e outros como “Light on the Land” e “Migrations”, estão na lista dos 100 melhores livros publicados nos anos 90.

Este artista e também produtor de televisão, nestas imagens da sua obra “Vanishing Act”, capta como esses seres escondem-se em busca de esconderijos onde praticamente ficam invisíveis. São impressionantes!

Deixar um comentário