Animais de muita longevidade

Existem animais que podem viver mais de 200 anos

O ser humano sempre quer mais. A nossa expectativa de vida sempre nos pareceu muito curta, mas se pararmos para pensar sobre a enorme quantidade de anos que vivem alguns animais do nosso planeta, com certeza, ficaremos surpreendidos perante tal longevidade.


Fonte

Um dos casos mais conhecido é a tartaruga. A maioria sabe que vivem muitos anos, mas poucos sabem que o mais antigo espécime de tartaruga registado é aquele que morreu com 255 anos, num zoológico indiano em 2006.

As baleias da Gronelândia, apesar de, até recentemente, se acreditar que viviam cerca de 70 anos, também são animais de muita duração. De acordo com a crença popular, a regulação da temperatura corporal é a chave da boa saúde e estas baleias mantêm baixas estas temperaturas, permitindo-lhes viver mais de 200 anos, como aconteceu com a baleia mais antiga encontrada, que, estima-se, teria à volta de 211 anos.


Fonte

Um réptil bastante desconhecido, o Tuatara, é uma espécie um pouco rara com um terceiro olho, que vive principalmente na Nova Zelândia. Os especialistas dizem que podem viver até 200 anos e é um dos répteis mais antigos na escala evolutiva.  Ele atinge a maturidade sexual aos 30 anos, mas, o mais surpreendente é um exemplar que foi pai aos 111 anos, facto registado em 2009.

Outro animal de longa duração é a lagosta americana. Apesar da sua pesca indiscriminada por ser considerada uma iguaria culinária, encontraram-se espécies desta lagosta, que podem medir mais de dois metros e vivem no Atlântico, com 140 anos, apesar dos especialistas acreditarem que podem viver mais.


Fonte

Um caso realmente curioso, a Turritopsis nutricula, conhecida como a medusa imortal, é um  verdadeiro mistério para a ciência. Trata-se de uma espécie dos hidrozoários que é capaz de voltar a um estado de imaturidade sexual após atingirem a maturidade sexual, isto é, pode regenerar as suas células tornando-se jovem de novo, num ciclo que pode ser repetido indefinidamente. Por isso, acredita-se que é o único ser vivo no planeta que nunca morre.

Deixar um comentário